Anaklusmos RPG
Olá,

Seja bem-vindo ao Anaklusmos RPG;

Caso queira se registrar, clique em ''REGISTRAR-SE''
Se ja for membro clique em ''LOGIN''.

Agradecemos pela visita.

Boa diversão!!


.
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 The Path to the Castle ▬ Part 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Hades
Deuses PermanentesDeuses Permanentes



Mensagens : 172
Data de inscrição : 17/03/2012

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Qua Out 10, 2012 11:09 pm




Caos


Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.

Livres?

Andrew não aguentou e disse para o supremo:

— Oi Senhor Caos. Porque estas fazendo isso tudo? Você é quem criou, ou melhor, deu origem a muitas coisas aqui do mundo. Você é a fonte de origem de tudo existem hoje, como pode ser o culpado de tudo, é quase como querer destruir o que fez depois de muito tempo.

E Enrique completou:

— Se é que realmente quer destruir o mundo, isso não teria uma utilidade prática. A menos que goste de construir e destruir por pura diversão.

Caos olhou para eles atentamente, e se levantou de seu trono.

— Destruir? Me diga, quando eu disse que ia destruir tudo? E me diga, o que eu destruí até agora? NADA! Vocês estão na minha dimensão, não da de vocês, e nada foi destruído.

Enrique e Andrew ficaram sem respostas, pois o que Caos tinha dito fazia sentido, ele não havia destruído nada. Caos deu meia-volta e voltou a sentar no seu trono.

— Agora podem ir! - Ele fez um movimento com suas mãos, e a porta atrás de Andrew, Enrique e Zeus, se abriu. Aliás, a porta era um portal.

— Simples assim? vai deixar a gente ir? Não vai impedir? - Indagou Enrique.

Caos arqueou as sobrancelhas e disse:

— Eu estou deixando vocês irem, e você ainda pergunta porque? Não preciso de mais nada, já tenho tudo que queria. - Ele fez um movimento com a mão, e uma porta secreta se abriu ao lado, e lá estava postos, o Bidente de Hades, o Tridente de Poseidon e o Raio-mestre de Zeus.

— Então era isso que queria. As armas dos três grandes, e a força de Zeus, para se estabelecer - Disse Andrew.

— Exatamente. Agora, quero fazer um demostração com vocês. - Ele se endireitou no trono, e estalou os dedos. Andrew e Enrique arregalaram o ar, e caíram no chão, eles não conseguiam respirar, estava sem nenhum ar no ambiente. Após alguns segundos, o ar voltou ao local. — Gostaram? Agora saim do meu castelo, e vão contar pros seus amiguinhos. — Caos, desapareceu na frente deles.

Citação :
Prazos: 11/10/2012 até ás 23:30 p.m




thanks, baby doll @oops!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Qui Out 11, 2012 2:37 pm

Voltando a Ativa






Ao ouvir Caos, pensei no geral e ele estava certo. Continuei atento ao que ele falava e ao ver as armas dos 3 grandes percebi a razão de tudo aquilo e não era nada boa, mas mantive-me em silêncio durante a fala do deus. Tomei um susto com a falta de ar, tentei até mesmo usar a manopla que nem sequer pude pegar e quando o deus soltou a mim e Rick, apenas tentei seguir o que ele disse. Eu tentei andar com a ajuda de Rick em levar Zeus apoiado em nossos ombros.



Armas:
 


TAGGED:

Com um monte de semideuses curiosos

Clothes:

Aqui e o sobretudo preto.

Notes:

Nada.
Thanks, Baby Doll @ Etvdf
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarEnrique O. Ebanue
Devotos de HeraDevotos de Hera



Mensagens : 54
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Qui Out 11, 2012 7:19 pm

{Enrique d'Orgeron Ebanue }
The Chaos




Quando Caos se ergueu do trono eu quase dei passos receosos para trás, mas por estar segurando Zeus em meus ombros nãso poderia fazê-lo pelo risco do deus acabair caindo. Achei que o deus primordial iria nos pulverizar com seus poderes, mas só indicou certa revolta com a nossa ideia de que ele iria destruir tudo que criou.

Eu engoli em seco com o "sermão" que ele deu em mim e em Andrew. Tinha de concordar que fazia todo o sentido, mesmo que tendo sequestrado Zeus e todas as outras coisas estranhas que vinham acontecendo ele ainda não havia destruído absolutamente nada. Eu pigarreei e ouvi ele nos mandar ir embora. Eu arqueei as sombrancelhas e indaguei:

Simples assim? vai deixar a gente ir? Não vai impedir?

Como assim ir embora sem tentar recapturar Zeus ou qualquer coisa assim? A sequência de falas em seguida só me deixou intrigado, mas quando eu as três armas dos Três Grandes postas lado a lado eu entendi tudo. Ele não precisava dos deuses, apenas do poder de Zeus e de seus itens símbolo. Meu coração começou a bater mais rápido e eu fiquei estático, sem conseguir saber o que fazer, estava completamente perdido. Foi quando eu tentei puxar o ar e nada me veio, minha cabeça começou a doer e meus olhos pareciam que iam saltar das órbitas, caí de joelhos, tonto e com a visão embaçada. O ar havia sido completamente retirado do ambiente, mas voltou antes de eu desmaiar. Eu puxei o oxigênio com força pelo nariz e me ergui.

Tentei andar até Caos antes que ele sumisse, mas assim que me levantei do chão o deus desapareceu. Pensei no que fazer, mas então me deparei com uma realidade cruel: Eu tinha cumprido minha missão, tinha andado por toda aquela dimensão maluca, enfrentado todos os desafios, tinha chegado ao fim e concluído meu objetivo: encontrar e resgatar Zeus. E agora, o que eu poderia fazer? Estávamos eu, And e Zeus numa sala apenas com um portal de saída de volta e uma mobília, se não tivesse enganado, nada poderíamos fazer agora. Um sorriso bobo surgiu em meu rosto e eu disse:

Eu... acho que acabou, And. Bem, então vamos - fui, com Andrew e Zeus em direção ao portal.

Itens e Armas:
 










Clothes: Mais ou menos isso.
Tags:
Notes: Gostei...
Humor: Meio em dúvida.
Musica:

Quem fez a template foi THE FOX of OOOPS! & FLYING AWAY of TDN <3





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarHades
Deuses PermanentesDeuses Permanentes



Mensagens : 172
Data de inscrição : 17/03/2012
Idade : 27
Localização : Mundo Inferior

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Qui Out 11, 2012 9:08 pm




Caos


Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.

The End?

Caos havia desaparecido, agora só restava na sala, Andrew, Enrique e Zeus. Eles se endireitaram e foram na direção do portal e passaram por ele. Após alguns minutos, eles se deparam que haviam saído daquela dimensão e voltado para o mundo deles, estava os três dentro de um elevador, que estava subindo sem parar, o botão 600° andar estava pressionado. Após alguns segundos, o elevador parou e a porta se abriu, relevando a entrada para o Olimpo. O Grande palácio estava bem no fundo, e até ele tinha um grande caminho a percorrer. Eles sairão do elevador carregando Zeus, rapidamente alguns Ninfas avistaram eles, e algumas foram ajudar eles, e outras foram avisar os outros deuses.

☺ ☻ ☺

O alvoraço foi grande, os deuses tinham ido até eles, e levado Zeus para o aposento dele, e Andrew e Enrique foram levados para um pequena sala, que tinha um enorme banquete. Eles ficaram horas lá dentro. Pelo menos, tinha comida a vontade, algumas vezes, umas ninfas iam visitar eles. Após algumas horas, uma ninfa veio chamar eles dois, e levou eles para a sala dos tronos, onde fica os doze deuses olimpianos. Estava os 12 deuses olimpianos, e tinha vários outros deuses menores, em pé, assistindo tudo. Zeus estava no trono dele, e estava muito diferente, com outra roupa, mais belo, mais robusto, mais majestoso, como o Deus dos Deuses. Ele olhou para os dois, aliás, todos os deuses estava olhando para os dois. Zeus se levantou e olhou atentamente para os dois.

— Devo agradecer a vocês dois, por terem me resgatado. Ér ... Obrigado. — Disse Zeus, de má vontade.

— Resumindo, meu irmão quer agradecer a vocês dois, jovens semideuses, por terem resgatado ele, e todos os deuses, devem muito a vocês dois. — Completou Poseidon.

O Ambiente ficou em silêncio, e uma fumaça preta adentrou o local, alguns trovões cruzou o céu, e algumas faíscas piscavam por entre a fumaça negra. após alguns segundos, dentro da fumaça negra, um homem se materializou.

— Voltou para a casinha, querido irmão — Disse Hades. — Fale logo, a fila de mortos está muito grande hoje — Ele olhou para Andrew e fez pouco caso, só que levantou um leve sorriso ao ver Enrique. Hades apontou para o centro do salão e um trono de ossos apareceu no local, ele foi até seu trono e se sentou nele, e depois fitou Hera e mandou alguns beijos para a Deusa.

— Hades, como sabe, eu, você e Poseidon, estamos sem nossos pertences, e precisamos dele. — Zeus se levantou do seu trono e se dirigiu a todos os deuses no local — Sinto informar a todos, só que os boatos que Caos estava retornando, é verdade. — O Olimpo todo se calou — Ele está com as armas dos três grandes, e com boa parte de minha força. E creio que ele quer o seu lugar de volta, e não vai parar até conseguir. — Zeus fez uma pausa e continuou — Devemos nos unir, todos os deuses, criaturas mitológicas e semideuses, pois Caos está retornando! — Zeus terminou de falar e voltou ao seu trono. Hades se levantou e começou a falar:

— Zeus, meu querido irmão, Caos só quer o seu lugar, não o meu. Sou o Rei do submundo. NENHUM DEUS PENETRA NA MINHA FORTALEZA. Mas, como meu bidente está em jogo, vou ajudar. Os três grandes unidos, com apoio de todos os outros deuses. Sem contar da ajuda dos semideuses — E olhou para Andrew e Enrique — Se me permitem, quero dar o recado para o semideuses do acampamento. — E abriu um sorriso para Zeus.

— Claro, meu irmão. — Respondeu Zeus.

Hades sorriu e fez o trono dele desaparecer. Ele olhou para Enrique e disse:

— Bom trabalho meu filho. Papai tem orgulho de você. — E desapareceu na frente de todos.

Citação :
A Trama acabou, sei que teve um fim meio retardado, mas foi porque essa trama acabou. Ela terá continuação de outra trama, que se chamará ''Primórdio: A Guerra'', que será a guerra entre os deuses primordiais e titãs, contra os olimpianos, menores e semideuses. Não sei se essa trama será a próximo, pois poseidon quer fazer uma antes, mas tanto faz, gostaria que nela vocês estivessem presentes. Só que isso veremos no dia que ela começar. Peço que vocês postem pela última vez, citando o ocorrido desse meu post, que depois encerro com o post das recompensas. Grato




thanks, baby doll @oops!


☠️ The King
Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Qui Out 11, 2012 10:47 pm

Voltando a Ativa






Após passarmos pelo portal, estávamos no elevador do Olimpo e me assustei um pouco com o exato local em que estava e isso devia ser pela fraca força de Zeus. Eu mantive meu foco e ajudei Rick a carregar Zeus, que logo que saímos do elevador e começamos a caminhar até o palácio, ninfas apareceram para ajudar. Fiquei surpreso com os deuses que apareceram para ajudar e em seguida eu e Rick fomos deixados numa sala com comida. Eu ri mentalmente, pois imaginei rapidamente Zeus comendo ambrosia e bebendo néctar para parecer tão forte como de costume, mas logo retirei esse pensamento de minha mente e fui rumo a mesa de comida. Passei o dedo em alguns glacês de bolos que tinham na mesa e comi alguns salgadinhos que tinha também. Depois de algumas horas, eu ainda com a boca cheia e uma ninfa veio nos chamar. Eu tentei me limpar ao máximo e coloquei a minha manopla na mão esquerda para não pesar mais na minha bainha. Segui a ninfa e cheguei ao salão dos tronos onde fiquei os fodas dos fodas. Fiquei meio assustado, pois tinha ninfas e outros deuses ali também e me senti num alvo de arma com muitas miras em mim, mas tentei relaxar porque não fiz nada de errado e sim o certo. Observei que Zeus estava mais saudável que antes e isso era muito bom. Zeus falou um pouco sem jeito e Poseidon completou mais explicitamente e ri mentalmente de novo, pois Zeus mesmo agradecido devia estar se mordendo de raiva por agradecer. Começou uma movimentação de raios e o local escureceu, revirei os olhos rapidamente porque sabia que era Hades, o deus do submundo que não tenho uma relação nada amigável. Os deuses falaram de seus itens e já sabia do que se tratava que era outra missão de busca ou uma guerra maior e mais perigosa que todas as anteriores já vistas. Hades falou as palavrinhas de que tínhamos de nos juntar e bla bla bla e quando ele olhou para mim e Andrew percebi um certo desgosto em me colocar como exemplo, mas pelo local que estava era melhor me calar mesmo. Hades parabenizou Rick, me esgueirei-me para frente olhando para meu que parecia nem ai para o que estava havendo e tentei não chamar a atenção dele como minha vontade interna queria e apenas continuei ouvindo os deuses e prestando atenção em tudo.



Armas:
 


TAGGED:

Com um monte de semideuses curiosos

Clothes:

Aqui e o sobretudo preto.

Notes:

Nada.
Thanks, Baby Doll @ Etvdf
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarEnrique O. Ebanue
Devotos de HeraDevotos de Hera



Mensagens : 54
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Sab Out 13, 2012 12:22 pm

{Enrique d'Orgeron Ebanue }
O Fim (?)




Eu quase não pude acreditar. Após atravessar o portal eu me vi dentro de um estranho compartimento apertado. Inicialmente não reconheci do que se tratava aquela coisa em movimento, quando finalmente prestei atenção aos botões e as paredes metálicas é que entendi que me encontrava dentro de um elevador. Minha respiração falhou e eu não conseguia falar nada, se não estivesse enganado, estávamos de novo em nossa dimensão natal.

Como não conseguia pronunciar nenhuma palavra eu apenas corri os olhos por todos os cantos do elevador, observando que ele marcava o sexcentésimo andar. Eu parei e comecei a tentar buscar na memória o que me recordava o 600º andar de um prédio e só alguns milésimos de segundos antes da porta do elevador se abrir é que me lembrei. Por todos os deuses, eu estava no Olimpo! Meu primeiro pensamento foi como me apresentar naquele estado deplorável diante de todos os deuses, mas logo me puni mentalmente. Como me importar comigo mesmo enquanto carregava o Soberano dos deuses no ombro? Provavelmente teria tempo de me recuperar dos danos da missão, assim como Zeus.

Quando saí do elevador fitei o Grande Palácio bem distante de nós. Era lá que se reuniam todos os deuses em suas assembleias tão tensas. E eu desconfiava que logo eu e Andrew também estaríamos naquele palácio. Um grande alvoroço se formou diante de nós quando nos viram sair do elevador com Zeus junto. Diversas ninfas correram para chamar os outros deuses, enquanto algumas vieram nos ajudar a carregá-lo pelo caminho.

Em poucos minutos Zeus havia sido finalmente levado para longe de nós. Mesmo fraco, o deus era corpulento e levemente pesado e eu agradeci mentalmente por ter tido forças para carregá-lo, principalmente depois de todo aquele caminho tortuoso até encontrá-lo. Eu e Andrew fomos guiados até uma saleta onde nos esperava um banquete único. Quando ficamos sozinhos no aposento eu lhe dei um fraternal abraço e não conseguindo mais conter a alegria gritei:

Nós conseguimos cara! – em seguida, dei uma risada descontraída.

As horas que se seguiram foram umas das melhores de toda a minha vida. Devorei o banquete como se já não tivesse comido no castelo de Prometeu. A comida tinha um dos melhores gostos que já sentira e lentamente ia me sentindo recuperado. Eu e Andrew conversamos muito durante a comilança. Em dado momento de silêncio eu comecei a me lembrar de todos os companheiros e pouco a pouco foram se perdendo de nós, alguns mortos. Ao final do banquete já me sentia novo em folha, com disposição de sobra e logo vieram ninfas para nos chamar. Eu respirei fundo e fechei os olhos, sabia que era a hora de encarar os deuses.

Esperava que assim que visse todos os doze deuses a minha frente, e talvez até alguns menores, iria me sentir completamente assustado, mas não o foi. Quando entrei levei um susto com todo o requinte do local, mas rapidamente me atestei a ideia de que não deveria temer pois nada fiz de errado, pelo contrário, cumpri com êxito completo a missão que me foi dado. Mas quando Zeus se ergueu eu temi que ele fosse fazer algum comunicado trágico, como nos mandar de volta aquela dimensão horrível. Engolindo em seco eu tentei sufocar a risada que me veio a garganta. Agora o deus dos deuses estava com aparência que lhe cabia, alto, forte e poderoso, porém, vê-lo pedir desculpas como uma criança envergonhada era engraçado e mais cômico ainda era Poseidon resumindo tudo que ele queria dizer, mas não conseguia. Devo admitir que me senti realmente exaltado quando ouvi dizer que todos os deuses deviam a mim e a Andrew. Porém, sabia que não deveria transparecer arrogância e apenas assenti.

Não dei muita importância a ausência de meu pai na sala. Sabia que ele raras vezes vinha ao Olimpo e que quando o fazia era por um motivo realmente muito bom. E eu tinha a suave impressão que ele viria apenas para me ver diante de todos os deuses em uma posição de importância. E ele veio. Quando uma fumaça negra surgiu no local eu já sabia que era ele, obviamente viria para um momento tão singular. Eu dei um sorriso suave quando ele falou sempre em seu tom de escárnio e olhei por cima do ombro.

Quanto ao fato de que Caos estava retornando me surpreendeu mais do que eu esperava. Claro que já tinha consciência disso, eu vi todas as três armas dos Três Grandes na sala do trono do castelo de Caos e pior, senti o poder dele, mas quando parei para raciocinar é que vi o que realmente estava em jogo. O futuro de todo o mundo. Quando finalmente meu pai se ergueu e se dirigiu a mim eu não pude conter um largo sorriso de satisfação. Sempre soube que meu pai tentava manter a pose de durão, como um verdadeiro Rei dos Mortos, mas que no fundo ele gostava de todos aqueles que o importavam - seus filhos e sua mulher, por exemplo - mas ouvi-lo me parabenizando foi algo realmente recompensador. Dei um longo suspiro e falei.

Obrigado, meu pai. – e então ele se foi.

Aquela fase havia acabado finalmente. E eu tinha conseguido sair de tudo aquilo vivo e são.

Itens e Armas:
 










Clothes: Mais ou menos isso.
Tags:
Notes: Último post, que tiste Sad
Humor: Aliviado!
Musica:

Quem fez a template foi THE FOX of OOOPS! & FLYING AWAY of TDN <3





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarHades
Deuses PermanentesDeuses Permanentes



Mensagens : 172
Data de inscrição : 17/03/2012
Idade : 27
Localização : Mundo Inferior

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   Dom Out 14, 2012 10:46 pm




Caos


Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.

Recompensas

— 30 níveis.

— 20.000 dracmas

— Bença do Demon : Essa é uma Benção muito poderosa. Ela simplesmente deixa você com o Demônio dentro de si mesmo. Você não irá conseguir se controlar, como se algo muito poderoso tivesse controlando você. Seus olhos ficaram completamente vermelhos e com chamas dançando dentro dele. Você terá todos os poderes de seu Pai/Mãe ao seu favor. E poderá ter os poderes de outros Deuses também ao seu favor. Exemplo: Você é filho de Hades, e tem todos os poderes de Hades ao seu favor. E você tem um amigo filho de Pã, ao tocar nesse seu amigo, você irá adquirir todos os poderes dos filhos de Pã, mas os de Hades. Você poderá acumular no máximo poderes de 5 Deuses. Poderá usar uma unica vez por missão. E para o efeito sair do seu corpo, você tem que voltar ao mundo. Tipo: Alguém berrar o seu nome, jogar um balde de água, te chutar, etc. Caso contrário, você não conseguirá tirar o Demon de seu corpo. Essa benção só é ativado no momento que você mais precisar. E Leveis, vida e energia, não iram contar. [By:Hades]

— Enrique: + 800 exp + 9 leveis pro Leão de Fogo + 9 leveis pro Leopardo.

— Andrew: + 850 exp + 9 leveis para Águia + 9 leveis pro Leopardo.




thanks, baby doll @oops!


☠️ The King
Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: The Path to the Castle ▬ Part 2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

The Path to the Castle ▬ Part 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

 Tópicos similares

-
» The Last Part
» Fiery Path
» OVA Reviravoltas Part.1 (Visão do Brian)
» Cheryl - Um conto dos Grimm (PART II)
» Personagens do Role Play part 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Anaklusmos RPG :: Área do Membro :: OFF Topic :: The Path to the Castle [Encerrada]-