Anaklusmos RPG
Olá,

Seja bem-vindo ao Anaklusmos RPG;

Caso queira se registrar, clique em ''REGISTRAR-SE''
Se ja for membro clique em ''LOGIN''.

Agradecemos pela visita.

Boa diversão!!


.
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A Supressão do Tempo [Encerrada]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Finnick C. Odair
Filhos de PoseidonFilhos de Poseidon



Mensagens : 34
Data de inscrição : 07/04/2012

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Seg Maio 28, 2012 9:29 pm







Finnick C. Odair



Nymeria bufou impaciente, ela e Jake pareciam estar de TPM, Quíron não vai emprestar a van, ia me pronunciar quando senti o cheiro do mar, fechei os olhos e esperei algo acontecer... E o que aconteceu foi melhor que eu imaginava, algo acertou Enrique e ele caiu. Não segurei o riso e quase morri sem ar depois daquilo, mas dentro do sac que havia atingido o filho de Hades, havia muitas, MUITAS dracmas e mais ou menos cinco mil dólares.
Fiz um plano na hora, poderíamos alugar um trailer, um grande e espaçoso, confortável, e ainda mais com um pequeno Aquário para Nymeria, um envelope voou até nós, eu o abri e li:
- Olá, jovens heróis. Aqui quem vos fala é Poseidon; Essa é a primeira ajuda de muitas que ainda lhes concederei; Façam bom uso - O envelope se desfez.
Ouvi o plano dos outros em silêncio, Jake deu sua proposta e começou a andar, segurei ele pelo braço com firmeza. Olhei para ele estreitando os olhos e disse:
-Vamos alugar um trailer automático - Limpei a garganta - Vamos pegar um espaçoso, com aquário para Nymeria, assim viajamos até Chicago tranquilamente sem se preocupar - Virei para os outros - Alguém tem uma sugestão melhor que essa?
Caso concordassem iríamos à uma loja de aluguéis de carros e pegaríamos um trailer para oito pessoas e um aquário, essas lojas são muito comuns nos Estados Unidos, você aluga um carro, paga ele e talz e pode devolver quando quiser, bom, nós podíamos devolver quando quiser graças ao meu pai.




The Equitador, the boy with the Poison.

notes: UHUL! || tag: Sei lá || place: Acampamento Meio-Sangue || Clothes: [URL=Linkaqui]Aqui[/URL] || music: Nenhum|| Humor: normal||





credits: JOÃO AT OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Seg Maio 28, 2012 10:35 pm

Andrew P. Forbes Moriarty



A vida me ensinou a nunca desistir;
Nem ganhar, nem perder mas procurar evoluir.
Charlie Brown Jr.





Eu estava pensando sobre as possibilidades que teríamos de viajem e enquanto pensava eu senti uma brisa estranha que por mais que eu tivesse cheiro de vinho em minhas narinas, pude sentir esse cheiro forte de mar que me deixou até com dor de cabeça e em seguida Enrique foi atingido por algo. Depois de Enrique se levantar, olhei com curiosidade para o sacola que pela força do desabamento de Enrique devia ser pesada demais e logo imaginei o que poderia ter ali. Lily se aproximara desconfiada e puxou a corda de ouro e todos ali virão vários dólares e dracmas de ouro. Eu rapidamente pensei em como carregar e em seguida Finn leu o bilhete que veio junto da sacola. Finn leu algumas rápidas palavras e o papel se desfez, estava pensando no que poderíamos fazer e depois de muitos especularem eu disse:


-Jake está certo sobre o dinheiro, mas sobre os dracmas eu diria uns 20 para cada? Pode ser pouco pela quantidade, mas pelo peso que teríamos de carregar está bom. Jake já ficaria com os outros muitos dracmas na mochila mágica dele, então qualquer peçam mais para ele. Sobre a transporte eu diria ônibus, ou chamar o táxi das irmãs cinzentas. Além do que já falei, Quíron também poderia deixar Argos pelo menos oferecer uma carona para nós, que tal?


Esperei alguns instantes por respostas ou ideias e me afastei um pouco do grupo e disse:


-Finn, concordo com você. Vou chamar o táxi das irmãs cinzentas e quem quiser vamos par NY e lá a gente aluga um carro e tal.


Coloquei um dracma no chão, chamei o táxi das irmãs cinzentas e me afastei uns 4 passos dele esperando que o táxi das irmãs aparecesse.


Armas Levadas:
 






TEMPLATE BY RAFA OF OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 12:38 pm

The Sea is Beautifull



With the lights out it's less dangerous
----------Here we are now entertain us
28/05/12 - 13:42
Capítulo I - O Início
Let's



Depois de levantarem Enrique, que perdeu toda a sutileza e frieza de um filho de Hades devido a pancada, recomeçaram a discutir e opinar sobre o meio de transporte até Chicago; A primeira das idéias foi ir de ônibus, mas foi descartada rapidamente; Mandei uma mensagem " calma e tranquila " a Jake, meu fiel;

Finalmente, decidiram alugar um trailer; Falaram baixo para Quíron não ouvir; Apesar de ele não concordar, era a forma mais rápida e mais confortável; Os meios-sangues gesticulavam enquanto debatiam mais alguns planos, e finalmente decidiram; Os 8 se despediram de Quíron rapidamente, e cruzaram a fronteira do Acampamento; Caminharam por algum tempo, até atingir a estrada rural. Andrew tomou a dianteira, e depositou um dracma calmamente no chão, e recitou o conhecido chamado ás Irmãs Cinzentas; O chão começou a borbulhar com um líquido vermelho, semelhante a sangue, e de lá saiu um táxi com aparência de fumaça;

Uma velha com um olho apenas, e com um tufo de cabelos brancos, disse:

- Passagem?

Andrew abriu a boca para responder, mas não conseguiu; Algo MUITO pesado o atingiu, atirando-o junto a uma pedra, onde ficou tonto e semi-consciente; Os 7 arregalaram os olhos, e olharam para o fim da estrada; Em pé, e imponentes, encontravam-se duas estátuas; Cada uma delas tinha pelo menos mais de 10 metros de altura, e era feitas de bronze polido; Vestiam uma túnica grega, e carregavam duas espadas; A da direita era de um bronze mais avermelhado, e os cabelos pegavam fogo; A da esquerda era de um bronze azul, com os cabelos azuis e congelados; As espadas eram cumpridas, com um cabo detalhado com cenas de morte e fúria; As duas acenaram ao mesmo tempo, e dois escudos com tamanho de um carro apareceram; As duas estátuas se juntaram, e com voz retumbante e poderosa, disseram em uníssono:

- Somos servos do tempo, e viemos para destruir vocês. - E correram com uma velocidade assustadora, aproximando-se cada vez mais dos meios-sangues.

Vida/Energia de ΩΔΕΙΟ ε ΑΓΩΝΙΑ ( Ódio e Agonia ):
 

Informações Adicionais:
 

Para Hades & Prazo de Postagem:
 

..
Template By THE FOX of OOOPS! <3
NOTES - / Clotes - Isso - Baseado na musica Smell like teen spirit by Nirvana.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 12:57 pm



Annabelle H. Silverskin



Próxima parada, Chicago! Aleluia x.x

Meu deus! Já estava ficando chato! 8 campistas parados, sem resolver nada. Parecia que o trabalho em grupo estava andando devagar. Mas, alguma coisa atingiu Enrique em cheio, fazendo-o pronunciar várias maldições. Depois levantou-se, e Lily, curiosa, abriu o pacote, assoviando, ao ver o tanto de dinheiro que lá havia. Alex soltou um suspiro, concerteza pensando que nós nunca havíamos visto dinheiro na vida.

Finnick achou um papel, e começou a ler algumas palavras que Poseidon escreveu. Ao terminar, o papel se dissolveu.. Jake, parecia muito impaciente, muito mesmo. Chegou e foi começando a dividir os Dracmas e os Dólares, igualmente.

- Eu sei que é estranho, mas vamos colocar a mochila dentro da mochila, antes vamos dividir o dinheiro. Como temos cinco mil dólares deixaremos cada um com 625. Dracmas temos ao monte, nem imagino quanto. Então vamos deixar o que? Cinco mil dracmas com cada?

Bom, eu achei que era muito dinheiro, para cada um de nós carregar, e fiquei segurando o bolo de grana.

Andrew havia dado a ideia de pedir uma carona para Argos, mas isso não iria rolar.

- O máximo que Argos pode ir, é até NY. Não sei se adiantaria muito..

Várias outras ideias surgiram, até que resolvemos alugar um trailer. mas, primeiramente, iríamos chamar o táxi das Irmãs Cinzentas. Caminhamos um pouco até uma estradinha rural, e Andrew fez as honras, depositando um dracma no chão. Um líquido semelhante ao sangue começou a aparecer, e um táxi parecido com fumaça saiu de lá.

" Nossa.." - Pensei. Uma velha com apenas um olho virou-se para nós oito, perguntando:

- Passagem?

No mesmo instante que Andrew abriu a boca, algo o jogou para longe, me assustando. Todos olhamos o fim da estrada, e vimos duas estátuas. Eu não conhecia a história delas, e nem sabia o que eram, mais estavam se aproximando, com muita rapidez.

- Somos servos do tempo, e viemos para destruir vocês.

Não sei o que os outros fizeram, mais sem olhar quase, peguei o Tirso, que em minhas mãos, fez com que eu me sentisse forte. Meu coração batia rápido, e Alex olhava fixamente as estátuas. Conforme elas chegaram perto de nós, eu pulei ao lado, e agachei.

- Ok. O que nós vamos fazer agora? E por favor alguém me diga como acabar com essas coisas..

...

First Battle

Gelo e fogo. Com o Tirso eu poderia derreter a primeira, o que a tornaria fraca, mas não creio que acabaria totalmente com ela. Bom, não havia escolha, eu teria que fazer isso mesmo. Corri e vi que Alex entendeu o que eu estava prestes a fazer, e me deixou montá-lo, pois era mais veloz. Dei a volta nas estátuas, e me preparei para atirar uvas ácidas contra a de Gelo, e correndo em torno dela, para que não me pegasse, comecei a atirar, fazendo-a começar a derreter, parte por parte. Ainda estava muito lenta, precisava que ela derretesse mais rapidamente.

No segundo em que pensei nisso, um Arco apareceu em minha mão, e percebi, que era meu Cálice. Poderia usá-lo para a finalização, mas precisaria de ajuda.


Armas Levadas:
 

Habilidades utilizadas:
 





"Como o vinho posso ser seca, tinta, suave, encorpada. Me diga teu gosto que assim serei, para ser degustada, e, aos pouquinhos, então desvendada".

Vestindo: Isso
Escutando: Call Me Maybe - Carly R. Jepsen
Falei com: Daniel, Jake, Lily, Finnick, Andrew, Enrique, Cameron.
Acrescento: Nothing.

thanks, baby doll @ OOPS


Última edição por Annabelle H. Silverskin em Qua Maio 30, 2012 9:14 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 4:26 pm


    ----------------------------------------------------------------------------------------------------
    Local: Acampamento Meio-Sangue.
    Turno: Amanhecer.
    Post: 003.
    Combate...

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------

    Blackbird singing in the dead of the night...
    Sabe aquele momento que você se arrepende por ter deixado de fazer algo? Então... Cameron se sentia exatamente assim. Maldita hora que deixou de falar seu plano B. Agora os oito semideuses estavam ali, perdendo tempo e mais tempo. O filho de Hades revirou os olhos e se afastou dos demais campistas por um momento. Precisava pensar em algo e rapidamente, pois os semideuses que se manifestavam não eram líderes, assim sempre deixando brecha pra outro falar e não chegarem à conclusão alguma. Cameron notara a impaciência de Quíron e bem na hora, algo aconteceu.

    Uma forte brisa marítima inundou o local e, com uma grande velocidade, o irmão de Cameron foi atingido por alguma coisa. Este, por vez, foi de encontro ao chão e enquanto caído praguejou algumas maldições. O objeto que derrubara Enrique se tratava de uma sacola muito pesada. A filha de Éter, um pouco hesitante, abriu a sacola. Os semideuses prenderam o fôlego ao ver os dracmas e os dólares ali presentes. Mais uma brisa chegou ao local, dessa vez trazendo um bilhete. O filho de Poseidon leu o "recado" do pai.

    Alguns semideuses ficaram feliz com a tal ajuda, mas Cameron se sentiu desapontado. A missão mal começara e os semideuses já precisaram da ajuda de um deus por serem incompetentes demais pra arrumarem um meio de transporte até Chicago. O filho de Hades respirou fundo e então se juntou aos demais semideuses. Estava pensando em voltar ao seu Chalé, mas precisava ir a essa missão.

    O filho de Pã distribuiu alguns dos dracmas e ficara com os outros. Cameron não precisava daquilo pois tinha muitos, mas, mesmo assim, recebeu. O filho de Poseidon deu a ideia de chamarem o táxi das irmãs Cinzentas e depois alugarem um trailer. Cam não achou a ideia tão ruim, mas tinham que agir logo. Todos estando de acordo ou não, saíram do Acampamento até a estrada próxima para pegarem o táxi que já havia sido chamado.

    Uma das velhas perguntou por passagem e antes que o filho de Poseidon pudesse responder algo aconteceu. Algo repentino e inesperado. Finn fora atacado por algo aparentemente pesado. Cameron olhou de onde viera o ataque e sua visão encontrou duas enormes estátuas. Os outros semideuses pareciam surpresos e um pouco assustados, mas ele não. Um meio sorriso se formou nos lábios do filho de Hades. Este, por vez, já se preparava para o ataque. É hora da diversão.

    Cameron notou que Annabelle tentava alguns golpes. Uma das estátuas era de fogo e a outra era de gelo. O semideus pegou sua Foice que estava na mochila. Pensou em chamar o seu cão pra parecer algo mais assustador, mas decidiu ir só até as estátuas. Fechou os olhos e jogou a cabeça para trás, deixando sair uma gargalhada assustadora. Sua expressão facial parecia a de um psicopata. De repente o ambiente parecia mais sombrio e isso se dava pela Aura Sombria que o filho de Hades emanava. Estando armado com a Foice, pegou também sua Espada Precisa. Agora estava pronto para a luta.

    Correu até um local perto da Estátua de Gelo. Cameron não se lembrava de já ter lido sobre tal ser, mas isso no momento não importava. Seus instintos estavam ligados e estava totalmente atento a possíveis ataques. Pegou sua Espada Precisa e a cravou na terra. De imediato nada aconteceu, então o filho de Hades visualizou o fogo negro, deixando bem explícito que estava precisando daquilo. Em questões de segundos o fogo estava ali. Labaredas de fogo estavam ali. O fogo obedecia ao comando de Cameron, já que fora invocado pelo garoto.

    Fechou os olhos se concentrando e segundos depois os abriu. Respirou fundo e então controlou o fogo para ir na direção da estátua de Gelo. O garoto estava próximo da estátua, então não seria difícil acertá-la. Depois de usar o fogo, deu uma precisa olhada no ambiente em que se encontrava. Checou se não haviam semideuses por perto ou algum ser que não deveria sofrer o seguinte ataque. Cameron fez seus cálculos precisos e chegou à conclusão de que poderia usar seu ataque. Pegou a Foice e então a cravou na terra. Uma cratera começou a ser aformada. O filho de Hades olhava para a estátua de gelo, esperando um ataque e pronto para se desviar do mesmo. A cratera foi aberta e Cameron esperou que a Estátua tivesse sido mandada para o sub-mundo.

    Armas e Itens levados:
     
    Poderes:
     
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarJake F. Stewart
Filhos de PãFilhos de Pã



Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 20

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 5:35 pm


tagged: Outros campistas, Dash e Estátuas.

clothes: Minha jaqueta e o resto da roupa do camp

notes: Post combinado com Lily.

lyrics: Tic Tic Tac @ Carrapicho
Ao Invés de Chicago, Nos ferramos legal!


Ótimo, Finnick resolveu implicar comigo. Mas nem ligo pra isso. Não tivemos muito tempo pra fazer algo. Já que fomos interrompidos, enquanto pensávamos em como sair dali, por duas estátuas enormes. Uma de Fogo e outra de Gelo.

A primeira coisa que fiz foi olhar para outros três campistas, Lily, Enrique e Anna. sempre fui observador, e eu sabia que nós quatro, combinando nossas Armas, poderíamos derrubar aquelas coisas.

Anna simplesmente montou em seu Leopardo, e ela fez algo que eu achei muito esperto da Parte dela. Ela correu até o monstro de Gelo. Ela pensou bem. Aquelas uvas ácidas com certeza fariam um belo estrago. Mas ela ainda tinha que se preocupar com a movimentação do Automato. Logo me virei para Lily e disse:

- Temos que prender os pés do de Gelo, eu sei que conseguiremos acabar com o de fogo, se trabalharmos juntos... - Virei para Enrique e já lhe disse - Cara ajuda Anna que eu e Lily darmos um jeito de acabar com a estatua que pega fogo. Anna esta usando uma estratégia inteligente, mas ela ainda precisará de ajuda e proteção... - Logo me virei para Lily denovo - Bom, antes de pegar o que pega fogo, vamos atrasar o de gelo? Eu sei que as caçadoras podem fazer plantas agarrarem os pés dos oponentes... Eu também posso, então... Combinação de ataque?

Simplesmente sorri para ela. Dash estava a mil em minha cabeça falando milhares de coisas estranhas de tão apavorado que estava com os gigantes. Eu só queria que ele se acalmasse.

Peguei meu Bastão o mais rápido que pude e corri na direção dos automatos. Lily me acompanhou, o que me deixou mais seguro. Não sei como ela fazia, mas conseguiu usar suas plantas que aos poucos ia subindo nos pés da estátua de gelo, Anna ainda estava rodando em volta desta estátua e atirando ácido. Me juntei a Lily e, usando o bastão, fiz com que videiras e cipós surgissem para atrapalhar mais ainda o movimento da estátua. Só pra ter certeza que ele ia ficar longe do que pega fogo usei minha Habilidade de criar barreiras com trepadeiras. Estas com certeza agarrariam o automato. Ele podia ser forte, mas graças aos ataques de Anna ele teria muito trabalho pra sair daquela mini mata que eu e Lily fizemos.

Peguei a na mão a puxando para cima de Dash, que já estava em seu tamanho normal. Isso pode até ter sido pura sorte. Eu não tinha reparado que Cameron Havia vindo atacar a Estátua. Assim por pouco não fomos para o submundo. Eu espero ter pelo menos ajudado em algo, caso não tenha ajudado, foi divertido!

Dash começou a galopar o mais rápido que podia até a outra estátua. Apontei, no caminho, para a Espada e disse para Lily:

- Temos que apagar, ou pelo menos amenizar o fogo do automato. Eu tenho flechas d'água. Você teria algo que pode ajudar?

Como resposta consegui dela:

- Temos que nos preocupar num jeito de chegar la em cima por enquanto! Mas quanto as armas, acho que minhas Flechas elétricas, ou minha espada, podem vir a ser muito úteis. Pois bronze conduz eletricidade, se você vai molhar a estátua, um ataque elétrico vai ficar ainda mais potente. E agora, como chegaremos la em cima?

Isso foi o que ela me disse, eu não tenho certeza se foi em tom de Bronca ou não, só sei que um lobo apareceu próximo a nós, tudo que Lily fez foi fazê-lo virar um pingente. Eu achei isso muito irado! E eu tinha que responder a pergunta dela.

- Bom, sei que não é o suficiente, mas meu pocotó pode flutuar! - Então Dash relincha em desaprovação ao modo que o chamei, então corrigi - Okay! DASH pode flutuar. Mas precisamos de algo que de a ele movimento! Assim poderemos desviar de qualquer golpe da Estátua.

Lily apenas sorriu com um olhar que dizia "Deixa isso comigo"

Nós estávamos próximos da Estátua quando um raio me surpreende. Lily atirou um raio, com sua espada, na perna do Automato, o que pode vir a ser muito doloroso para aquela coisa. Com certeza isso chamou a atenção da Estátua. Dei três tapas leves no pescoço de Dash e ele começou a flutuar. Bom, ele estava correndo e saltou, então nós teríamos uma espécie de voo temporário, já que Flutuação + Velocidade = Voo.

Isso não seria o suficiente, mas tudo bem. Peguei meu arco e ela fez o mesmo. Eu tinha minha flecha pronta para atirar, mas Lily parecia concentrada em outra coisa. Não importava no momento. Apenas disparei a primeira flecha que se transformou numa onda d'água, que até parecia ser um tipo de vórtex.

Peguei mais uma flecha e já a disparei, em seguida outra e outra. Por fim eu atirei sete flechas. Isso poderia ser o suficiente para apagar o fogo da espada e da cabeça do automato. Mas uma coisa era certa, essa estátua estava molhada. Lily só tinha que atirar a flecha, quando percebo que estávamos perdendo o movimento me viro para ela. Em questão de segundos uma corrente de ar começou a nos fazer rodar a nossa volta. Mas é claro! Filha de Éter, ela tem domínios sobre o ar. Perfeito, agora estávamos mais rápidos.

Só por precaução ativei minha armadura. Assim, caso a estátua tente nos empurrar para longe(ou nos amassar) eu teria seis poderosíssimos tentáculos nos protegendo. E já precavido, vesti meus óculos. Assim, caso necessário, eu poderia saltar contra o automato e ativar minhas asas, assim eu poderia interromper um soco do automato ou então apenas empurrá-lo para longe de nós!

Ela então mira suas flechas elétricas na estátua e as dispara. Não há como dizer onde as flechas foram parar, já que estávamos voando em volta do automato. Só sei que em minha mente eu já podia imaginar o automato sendo eletrocutado e provavelmente explodindo. Mas ainda não era nada certo. Só sei que Lily, usando sua brisa, nos empurrou para longe do provável explosivo!

Poderes e habilidades usadas:
 

Armas e Itens usados:
 

Considerar habilidades:
 



Última edição por Jake F. Stewart em Ter Maio 29, 2012 8:40 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 6:39 pm



Lily H. Lupin
São estranhos os caminhos da vida e do amor. - Lily, The Host






Um dia eu gostaria realmente que tudo desse certo para nós. Tudo parecia pronto para dar certo, e íamos embarcar no táxi das irmãs cinzentas, mas fomos interrompidos por estátuas do mal.
Automaticamente segurei meu colar, e Thor rosnou.

Anna saltou sobre seu leopardo e disparou loucamente com seu Tirso e disparou uvas ácidas que com certeza fariam efeito. Ela correu até o monstro de Gelo. Ela pensou bem, mas aquelas chuvas ácidas de nada serviriam se ela não tivesse ajuda, foi quando Jake chamou nossa atenção.
- Temos que prender os pés do de Gelo, eu sei que conseguiremos acabar com o de fogo, se trabalharmos juntos... - Virou-se para Enrique e já lhe disse - Cara ajuda Anna que eu e Lily damos um jeito de acabar com a estatua que pega fogo. Anna esta usando uma estratégia inteligente, mas ela ainda precisará de ajuda e proteção... - Ele se virou para mim novamente e eu arqueei uma sobrancelha. O garoto pensa rápido. - Bom, antes de pegar o que pega fogo, vamos atrasar o de gelo? Eu sei que as caçadoras podem fazer plantas agarrarem os pés dos oponentes... - Perguntei-me como ele sabia aquilo - Eu também posso, então... Combinação de ataque?

Ele sorriu pra mim, e foi impossivel não sorrir de volta, ele estava determinado, mas parecia preocupado, seu cavalo estava assustado. Eu não costumava confiar, ajudar ou receber ajuda de homens, mas ele parecia um bom garoto, quem sabe eu não pudesse ser amiga desse carinha tão hiperativo?

Ele pegou seu bastão o mais rápido que pode e saiu correndo, eu o acompanhei, alcançando com facilidade. Estendi as mãos me concentrando, fazendo os ganhos sairem do chão e se enroscarem nas pernas do automato, Jake entrou em ação em seguida. Anna ainda estava rodando em volta desta estátua e atirando ácido. Usando o bastão, o filho de Pã fez com que videiras e cipós surgissem para atrapalhar mais ainda o movimento da estátua. Depois criou barreiras com trepadeiras. Eu tive um pouco de esperança que aquilo o impediria.
Ele podia ser forte, mas graças aos ataques de Anna ele teria muito trabalho pra sair daquela mini mata que Jake e eu fizemos.

Olhei satisfeita nosso trabalho, mas logo senti um puxão. Olhei para frente e Jake havia pego minha mão. Sei que deveria ficar com raiva, mas só consegui me impedir de repeli-lo.
"Ele é legal, não faça isso... Ele não é o..."

Com um solavanco olhei para frente, meus pensamentos dispersando-se, já não estava no chão, mas sim sobre Dash, que já estava em seu tamanho normal. Ele começou a galopar o mais rápido que podia até a outra estátua e eu segurei na cintura de Jake com uma mão, este chamou minha atenção,no caminho, para a Espada e disse:

- Temos que apagar, ou pelo menos amenizar o fogo do automato. Eu tenho flechas d'água. Você teria algo que pode ajudar?~

Assenti, entendendo onde ele queria chegar e respondi:

- Temos que nos preocupar num jeito de chegar la em cima por enquanto! Mas quanto as armas, acho que minhas Flechas elétricas, ou minha espada, podem vir a ser muito úteis. Pois bronze conduz eletricidade, se você vai molhar a estátua, um ataque elétrico vai ficar ainda mais potente. E agora, como chegaremos la em cima?

Eu estava nervosa, acho que minha voz saiu meio dura, embora minha intensão não fosse verdadeiramente brigar com ele... Mas estar perto de um garoto despertava meu mal gênio. Me aborrecia com facilidade, e estava tentando evitar isso.

"Thor!" - Gritei em pensamento e meu loboapareceu próximo a nós, estendi a mão e ele se transformou em um pingente que voou para meu pescoço e se encaixou eli.
Jake virou-se pra mim, parecia impressionado.

- Bom, sei que não é o suficiente, mas meu pocotó pode flutuar! - Então Dash relinchou, parecia reprovar o modo de tramento, dei um sorriso de lado, Jake então corrigiu - Okay! DASH pode flutuar. Mas precisamos de algo que de a ele movimento! Assim poderemos desviar de qualquer golpe da Estátua.

Ajuda? Claro, eu sabia exatamente o que fazer. Dei um sorriso malicioso e um olha que dizia "Deixa isso comigo", e ele pareceu entender.

Enquanto ele virava-se para conduzir o cavalo peguei minha espada e mirei na perna do automato, soltando um raio, torcendo para que a eletricidade causasse um dano avantajado. Com certeza isso chamou a atenção da Estátua, e quando menos esperava começamos a flutuar. Bom, ele estava correndo e saltou, então nós teríamos uma espécie de voo temporário, já que Flutuação + Velocidade = Voo.

Isso não seria o suficiente, mas tudo bem. Peguei meu arco e Jake fez o mesmo. Ele parecia pronto para atirar, mas algo chamou minha atenção, lá embaixo Cameron, o filho de Hades detonava o monstro de Gelo. Dei um sorriso.
Concentrei-me novamente, Jake já estava na Quinta flecha. As ondes delas se movimentavam loucamente e atingiam a estátua. Quando ele diparou a sétima eu fiz minha própria mira, a aljava com flechas apareceu em minhas costas. Peguei uma elétrica.

A água das flechas parecia suficiente para apagar o fogo da espada e da cabeça, mas com certeza molhada a estátua estava.
Disparei a flecha primeira flecha, e olhei para baixo, estavamos perdendo altitude bem rápido. Me concentrei e uma onda de ar forte nos rodiou, fazendo com que ficassemos no ar, e nos impulsionasse mais rápido, claro que não duraria muito tempo, mas o suficiente para o que eu teria que fazer.

Jake informou num sussurro que sua armadura estava ativada, para nos empurrar com tentáculos caso algo desse errado e assim nos proteger.
Ele pôs seus óculos, dizendo que se necessário voaria e socaria o autômato para longe.
Então mirei minhas flechas elétricas na estátua e as disparei. Não há como dizer onde as flechas foram parar, já que estávamos voando em volta do automato. Só sei que em minha mente eu já podia imaginar o automato sendo eletrocutado e provavelmente explodindo, Jake parecia animado com a perspectiva de que isso desse certo. com medo que algo desse errado nos afastei no ar, da possível explosão. Ainda atirando flechas elétricas, mirando com cuidado.


poderes e habilidades:
 

Armas e itens usados:
 

Poderes e Habilidades a considerar:
 

Informação importante a poseidon:
 



(...)

Spoiler:
 




THANKS BRITTY @ OPS.


Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarEnrique O. Ebanue
Devotos de HeraDevotos de Hera



Mensagens : 54
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 8:01 pm

{Enrique d'Orgeron Ebanue }
A morte não é definitiva como um ponto final nem frágil como uma vírgula, mas misteriosa como uma reticências...




Muita coisa aconteceu. Pra começar, eu fui atingido por um saco de couro ninja que acabei por descobrir sem cinco mil em dólares e uma quantidade incalculada de dramas. Mesmo tendo ficado furioso e perdido toda a minha compostura ao ser atingido por aquilo, eu me senti bem melhor ao ver que era dinheiro, mesmo que, sinceramente, isso não fosse, ao menos para mim, de todo necessário, mas poderia ajudar, sem dúvidas. Todos discutiram por um longo tempo e enquanto isso eu pensava sobre algo que estava faltando. Ou alguém? Fiquei pensando durante todo o tempo que os outros campistas discutiam os detalhes e então me lembrei!

Que tipo de dono sou eu?! - com essa confusão eu até me esqueci!

Com um assovio em direção ao Chalé de Hades eu aguardei que ele surgisse. Não demorou nem trinta segundos um brilho alaranjado surgiu ao longe. Ágrian fitou-me lá de longe em sua sempre firme pose de leitura, sempre que via alguém estranho, parava em uma pose meio imponente, sua juba em chamas vibrando com o vento, ele farejava o ar e observava a pessoa até ter certeza de que a conhecia. E é claro que ele me conhecia, em vinte segundos ele veio em uma corrida desenfreada e pulou sobre mim. Eu dei risada e disse pra ele se aquietar que a gente estava no meio de outras pessoas. Ele imediatamente ficou quieto, era um Leão de Fogo assassino muito obediente. Ele sentou-se a meu lado e eu afaguei sua juba, ordenando que ela voltasse a ser aquele aglomerado de pelos felpudos.

Pulemos os próximos detalhes e vamos logo ao que interessa. Depois de ideias loucas nós saímos do Acampamento, eu fui apressado, queria ir logo embora dali. Mas eu não iria sair dali tão cedo. Não mais do que subitamente, Andrew foi atingido por algo bastante pesado e fora lançado para longe, em uma pedra. Eu olhei para o final da estrada e lá estavam, reluzindo, duas estátuas de uns dez metros de altura. Elas eram dois lados de uma mesma moeda: o Fogo e o Gelo e portavam espadas e escudos adequados ao seu tamanho, ou seja, extremamente gigantes. Elas se uniram e então disseram, uma voz dupla denotando que falavam ao mesmo tendo:

Somos servos do tempo, e viemos para destruir vocês. - e partiram para a luta.

Eu fiquei sem saber o que fazer por alguns segundos e então ouvi Jake falar:

Temos que prender os pés do de Gelo, eu sei que conseguiremos acabar com o de fogo, se trabalharmos juntos... - e olhando pra mim ele disse: - Cara ajuda Anna que eu e Lily darmos um jeito de acabar com a estátua que pega fogo. Anna esta usando uma estratégia inteligente, mas ela ainda precisará de ajuda e proteção... - e não ouvi mais nada, era hora de agir.

Coloquei a mão dentro da minha mochila e peguei a Espada Precisa e o Escudo do Ódio. Ao mesmo tempo em que ativei imediatamente minhas asas, começando a flutuar a um metro e meio do chão. Voei até uns vinte metros e então fechei suavemente meus olhos, respirando fundo para me concentrar e então desci em espirais, parando as costas do monstro do gelo. Ele não me notaria, eu tinha certeza, eu estava inexistente, desinteressante e banal para ele, era como a folha qualquer de um galho qualquer de uma árvore qualquer de todas as presentes ali. Eu penetrei a espada em sua perna e puxei, tentando fazer um rasgo nela e imediatamente me afastei, evitando um possível golpe. Eu flutuei até mais alto, até próximo à nuca do monstro e abaixei ambas as minhas mãos, depois as ergui simultaneamente e movi diversos pedaços de terra e rochas do chão até ao meu redor. As fiz girar ao redor de mim e começou a rodar ao redor da cabeça do monstro, lançando as rochas nele com o objetivo de amassar. Eu estava sem saber o que fazer, mas pensei que seria algo bom a se fazer. Mantive-me, por segurança, a uma distância de cerca de cinco metros dele o que na verdade não era muita segurança se comparado ao tamanho dele.

Spoiler:
 

Spoiler:
 










Clothes: Moletom Roxo, Blusa Azul Clara, Calça Jeans, All Star Preto.
Tags: Diversos.
Notes: Nothing.
Humor: Ãhn... não sei dizer direito.
Musica: Sons of Skyrim.

Quem fez a template foi THE FOX of OOOPS! & FLYING AWAY of TDN <3







Última edição por Enrique d'Orgeron Ebanue em Dom Jun 17, 2012 2:33 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarFinnick C. Odair
Filhos de PoseidonFilhos de Poseidon



Mensagens : 34
Data de inscrição : 07/04/2012
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Ter Maio 29, 2012 8:56 pm







Finnick C. Odair



Andrew foi na frente em direção à estrada, enquando andávamos eu girava meu tridente como um bastão, atirava para cima e o pegava denovo, para dar mais perícia,, Nymeria começou a me seguir depois que já estavamos afastados, ela não é muito... amigável? Não... Social.
Chegamos na estrada e Andrew começou a fazer a macumba lá de invocar as Irmãs Cinzentas, o chão começou a borbulhar de sangue(Ou tang vermelho) e de lá saiu um taxi feito de fumaça, pensei na hora que o motorista devia fumar bastante. Mas não era o motorista, eram as motoristas. Elas eram pura sedução, a mais gata tinha apenas um olho e apenas um tufo de cabelos brancos, pele acinzentada e enrugada.
A velha pediu uma "passagem", bom, esperei que alguém entregasse uma passagem para elas, mas na verdade o que aconteceu foi... uma coisa muito pesada acertou Andrew, que caiu quase inconsciente. Olhei na direção de onde veio o coiso que atigiu ele e me surpreendi quando vi dois Homens de Ferro, um vermelho e outro azul, com espadas super fodas e cabelos mais fodas ainda! Mas pelo jeito eles não eram amigos.
Analisei eles enquanto se apresentavam, eram servos do tempo... Cronos, droga! Um tinha cabelo de fogo, esse seria meu alvo, observei todos e pensei no melhor para acabar com o do gelo, na minha opinião algum filho de Hades seria bom. Peguei a cota de malha demoníaca na minha mochila e a vesti rapidamente, recuperei o tridente e pensei na melhor maneira de quebrar uma estátua... Um míssil?
Na hora ouvi o plano dos semideuses, nada seria tão efetivo contra o gigante de fogo como meus poderes aquáticos, respirei fundo e fechei os olhos e concentrei o poder na ponta do tridente, usando o Hidropump, em seguida, assim que a água atingisse o monstro eu usaria a Expulsão, assim a força do Hidropump seria multiplicada, apagaria o fogo dele, com certeza.

armas usadas::
 
poderes usados::
 




The Equitador, the boy with the Poison.

notes: UHUL! || tag: Eu, Quíron, meu pai, uma menina aí || place: Estrada || Clothes: [URL=Linkaqui]Aqui[/URL] || music: Sea and Land Tremble || Humor: animado ||





credits: JOÃO AT OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarBenjamin C. Hunter
Filhos de AtenaFilhos de Atena



Mensagens : 32
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 10:53 am



Daniel Tunder

O homem tem a capacidade de mudar o mundo, mas os livros mudam o homem





Sacolas ninjas, Centauro preocupado, campistas confusos, monstros atacando, coisas comum para um acampamento de semideuses, mas enfim vamos ao que interessa a LUTA!!!
As irmãs cinzentas haviam aparecido conforme invocadas, mas também dois autômatos um de fogo e outro de gelo apareceram, os campistas se voltam quase todos para o de gelo deixando assim o de fogo, livre para ataques, estavam todos querendo matar o mais “fraco” o de gelo, então decido ir contra todos e vou atacar o de fogo, mas primeiro, corro para trás de uma arvore e visto minha armadura da coruja sagrada, em seguida pego de dentro de minha mochila, minha espada dada por minha mãe, chamo Minerva para meu lado e entrego a espada para ela, em seguida mando a mesma voar alto para que a luz refletisse sobre os diamantes na esperança de cegar temporariamente o oponente.
Em seguida pego meu cálice também de dentro de minha mochila e mentalizo uma pequena metralhadora automática portatil, o mesmo se tranforma e eu o prendo em meu ombro da armadura, a mesma procura pelo autômato e começa a atirar disparos roxos contra o autômato de fogo, coloco meu escudo sobre minha frente, em seguida retiro de meu dedo um anel cinzento e o ativo, ele vira um tirso/pincel e começo a atirar uvas contra os pés do autômato de fogo, ao contato com o solo ele se transforma em um tipo de piche, por via das duvidas atiro também nos pés do autômato de gelo também,em seguida desativo meu tirso e o retransformo em um anel, em seguida o coloco em meu dedo e começo a atirar penas contra o autômato de fogo, após isso vejo alguns reflexos de luz que poderiam ter cegado os oponentes, em seguida falo para Charlie,me acompanhar no mergulho turbilhão turbo 2000, Charlie fica ao meu lado e eu e ela caímos em um rasante em direção ao oponente, minhas asas se enrolam em meu corpo e começo e descer em uma espiral de penas, meu escudo em frente para me proteger do back e mesmo assim o giro estava a toda potencia, me choco contra o autômato e sinto o mesmo caindo, me levanto e me teletransporto para ao lado de meus colegas, agora já com o meu tirso ativado e meu escudo em punhos



Armas:
 

Podere:
 





Tags: Fulano, Beltrano || Vestindo: Aqui || Musica: Nome da musica e cantor
Humor: Seu Humor aqui || Notes: Algo a dizer ?


créditos @ lady marmalade do ops!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 1:01 pm

Andrew P. Forbes Moriarty



A vida me ensinou a nunca desistir;
Nem ganhar, nem perder mas procurar evoluir.
Charlie Brown Jr.





Havia conseguido chamar o táxi e já estava um pouco aliviado por pelo menos uma coisa ter dado certo, mas quando ia entregar a passagem, algo me atingiu e jogou longe que eu só pude ver os vultos de onde passava. Acordei no acampamento de novo no exato momento que Poseidon apareceu próximo aos chalés e eu me senti com num filme de mim mesmo, mas por algum motivo eu estava me vendo de longe e ninguém me via. Eu tentei chamar qualquer um ali e berrei, empurrei vários campistas, mas por alguma razão eles meio que não sentiam e apenas voltavam aonde estavam. Tentei bater nos semideuses e até mesmo no Poseidon, mas foi inútil e quando pensei que estava preso numa lembrança, o grupo de semideuses apareceu na colina meio sangue e ouvi meu nome sendo chamado. Eu tentei ir até eles e ficava mais longe ainda a colina, eu tentei chamar eles, gritei e até berrei pelo Poseidon que era o motivo da missão, e comecei a ouvir um certo farfalhar de espadas e uns barulhos de passos apressados. Enquanto estava nesse lugar maluco eu de alguma forma voltei à realidade e vi dois seres enormes no fim de uma rua e os semideuses indo até eles e eu estava encostado numa árvore. Eu tentei me levantar e depois de uns minutos na tentativa, eu me apoio logo na cerca próxima e tentei andar cambaleando e apoiando na cerca para tentar voltar ao normal.


Armas Levadas:
 






TEMPLATE BY RAFA OF OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 1:56 pm

The Sea is Beautifull



With the lights out it's less dangerous
----------Here we are now entertain us
30/05/12 - 14:05
Capítulo I - O Início
Let's



A maioria das informações da batalha serão feitas separadamente.

Annabelle H. Silverskin

Anna tomou rapidamente a iniciativa; Com seu leopardo, correu rapidamente em volta de ΑΓΩΝΙΑ, lançando uvas verdes e delicadas, que se tornavam ácido quando entravam em contato com algo sólido; Anna viu surgir algum efeito, pois a estátua começara a derreter; Em poucos segundos, havia apenas água no chão; Anna suspirou triunfante, mas por pouco tempo; ΩΔΕΙΟ lançou-lhe um olhar irônico e apenas sorriu; A água que jazia no chão começou a girar em alta velocidade; Em pouco tempo, um vorthex gigante havia se formado, e a temperatura a volta abaixou 10º; Anna encarou, pálida, enquanto ΑΓΩΝΙΑ voltava a forma, sorrindo. Levantou apenas o dedo indicador, e o ar a volta de Anna se tornou-se puro gelo, até ela estar imobilizada e prestes a congelar.

Cameron M. Grey

Depois de ver Anna ser congelada, Cameron ficou com uma raiva incontrolável; Tudo a volta tornou-se mais sombrio, enquanto Cameron ria como um cientista louco, pronto para fazer alguma experiência maldosa; Invocou fogo negro, e o comandou, e depois de verificar se não havia alguém por perto, abriu uma longa cratera com sua foice; ΑΓΩΝΙΑ apenas o fitou com desprezo, mas não conseguiu evitar uma leve labareda de fogo; Metade de seu pé foi consumido por fogo do sub-mundo, e não pode se recompor; ΑΓΩΝΙΑ soltou um rugido de fúria, que ecoou por toda a estrada; Com um rápido movimento da espada, congelou toda a cratera, que atingiu os pés de Cameron, e o deixou imobilizado; Assim como o fogo de Cameron podia machucar até as mais poderosas estátuas de gelo, o gelo de ΑΓΩΝΙΑ não podia ser detido por fogo negro;

Jake F. Stewart & Lily H. Lupin

Os movimentos combinados surgiram um maravilhoso efeito; ΩΔΕΙΟ ficou perplexo quando uma corrente elétrica surgiu de seu corpo, até sentir uma leve dor, mas nada que o pudesse impedir; Jake voou rapidamente, e atirou sete flechas aquáticas; Poseidon lhe deu uma ajudinha; As flechas começaram a girar em torno de sí, até formar uma enorme flecha feita de água do mar; ΩΔΕΙΟ ficou inexpressivo, até a flecha o atingir; Incrivelmente, ocorreu uma explosão poderosa; A água do mar não se dissipou, e sim, começou a girar em volta do automato, na forma de uma poderosa tromba d'água; ΩΔΕΙΟ rugiu em fúria, explodindo em labaredas de fogo, mas sem nenhum efeito; Lily sorriu, e disparou uma descarga elétrica, que acertou em cheio a tromba; Correntes elétricas subiram por toda a tromba d'água, causando um show de luzes inacreditável; A estátua se debatia e rugia, tentando lutar em vão; Enfim, o vorthex se dissipou. Jake e Lily estavam bem afastados, por sorte; ΩΔΕΙΟ explodiu em chamas, mas estava seriamente danificado, o que o deixava como um alvo fácil.

Enrique d'Orgeron Ebanue

Enrique se afastou sutilmente, e fez um bom movimento; Pegou sua espada e escudo, e voou; Desceu com uma velocidade inacreditável, sem que fosse percebido; O vento rugia furiosamente em seus ouvidos, enquanto ele calculava o momento certo; Quando estava prestes a atingir o chão, levantou as asas e conseguiu uma imensa força, onde despejou-a na perna de ΑΓΩΝΙΑ, causando um talo de 10 cm; ΑΓΩΝΙΑ se virou, incrédulo, e levantou sua espada; O choque foi tamanho que fez Enrique ser derrubado; O gelo se alastrou por todo o escudo, até congelar os braços de Enrique, e deixá-lo impotente.

Finnick C. Odair

ΩΔΕΙΟ foi surpreendido por Finnick; Poseidon assistia tudo, sorrindo; Finnick usou todo o poder de Hidropump, para lançar o tridente o mais forte possível; ΩΔΕΙΟ deu um sorriso meio torto, e de repente, sua cara ficou séria; Havia um tridente cravado em seu peito; Ele puxou com toda a força, e lançou novamente em Finnick, com o tridente pegando fogo; ΩΔΕΙΟ fora apagado pelo fogo, e sua chama constante estava muito fraca; Ele pegou sua espada de fogo, e para acompanhar o golpe do tridente, lançou uma labareda de fogo em Finnick.

Daniel Tunder

Daniel não teve tanto sucesso; Depois de ΩΔΕΙΟ ser atingido tantas vezes, sua perspicácia em batalha contra os meio-sangues aumentou; Ele pressentiu a coruja voando, e com um rápido movimento da espada, lançou uma labareda de fogo em formato de dragão, que atingiu as asas da coruja; Ela piou fracamente, caindo em uma moita de folhas; Daniel ficou furioso, e começou a disparar tiros para todos os lados; ΩΔΕΙΟ nem se mexia, pois era feito de bronze; Os tiros produziam um pequeno som em sua armadura, mais nada de mais; Daniel conseguiu prendê-lo com piche, e voou; Estava prestes a se chocar com ele, mas ΩΔΕΙΟ fez algo inesperado; Transformou-se em um fogo vivo, um de seus poderes mais fortes; Daniel adentrou a fogueira surpreso, devido a velocidade, e caiu ao chão, seriamente queimado e ferido; ΩΔΕΙΟ voltou ao normal, extremamente cansado e consumido.

[ Os movimentos de Andrew não foram registrados, pois ele não registrou nenhum. ]

Vidas/Energias de ΩΔΕΙΟ & ΑΓΩΝΙΑ:
 

Vida/Energia dos Meios-Sangues:
 

Informações Adicionais:
 

Para Hades & Prazo de Postagem:
 

..
Template By THE FOX of OOOPS! <3
NOTES - / Clotes - Isso - Baseado na musica Smell like teen spirit by Nirvana.
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarEnrique O. Ebanue
Devotos de HeraDevotos de Hera



Mensagens : 54
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 7:06 pm

{Enrique d'Orgeron Ebanue }
A morte não é definitiva como um ponto final nem frágil como uma vírgula, mas misteriosa como uma reticências...




Eu fiquei realmente contente que minha técnica tenha surtido efeito, mas fui surpreendido por uma reação veloz e quando ele ergueu a espada, atingiu meu escudo com tamanha intensidade que congelou ambos meus braços. Eu na verdade nem tinha visto que eles estavam congelados, mas senti o frio e o peso e quando olhei vi que meus braços haviam sido cobertos por uma camada de gelo. Eu fechei os olhos e tentei usar toda a minha calma de Hades para não rugir feito um louco que fugiu do hospício e socar meus braços em alguma árvore até aquela cobertura de gelo se rachar por completo. E eu consegui me controlar, como um filho de Hades deve fazer, mas mesmo assim bradei a meus companheiros:

Alguém me ajude com esse ser, por favor? Caso não notaram, eu estou temporariamente incapacitado! - eu dei ênfase na palavra "incapacitado", erguendo meus braços congelados para mostrar minha incapacidade.

Mas eu ainda tinha uma chance, uma pequena chance. Cerrei meus olhos e me concentrei, mesmo que fosse ótimo com o elemento que iria utilizar eu precisaria de toda minha concentração para conseguir por em prátca o que planejava. Por via das dúvidas eu flutuei a uns quinze metros do chão e deixei meu corpo leve, me concentrando apenas em minha mente. E então comecei a evocar aquela energia que dominava meu corpo. Comecei a sentir um calor intenso se materializando no centro de minha barriga e então foi se espalhando lentamente, subiu por todo meu peito, tomou conta de meus ombros e depois de ambos os meus braços, logo em seguida de meus antebraços e finalmente de meus pulsos e mãos. Abri meus olhos e invoquei uma quantidade de fogo intenso. Ele era de uma coloração bem avermelhada, mais avermelhada do que o comum, eu sentia que estava a uma temperatura acima do normal. Comecei a fazê-lo girar ao redor de meus pulsos congelados, eu sei que talvez não funcionasse, mas não custava tentar. Fiz as chamas bruxuleantes girarem cada vez mais rápido e mais quente. E então parei, respirei fundo e comecei a descer, esperando que tivesse derretido ao menos um pouco.

Felizmente, minha única capacidade não era com armas. Me mantendo a uma distância de quinze metros de Agonia eu usei novamente minhas capacidades de dobrador de fogo, erguendo meus braços para cima eu invoquei uma esfera de fogo grego e corri em direção ao monstro do gelo, quando estava a sete metros do monstro eu saltei e voei em direção a sua cabeça, atento a seus movimentos eu voei alguns metros acima da altura do adversário e quando estava a dois metros da linha de sua cabeça eu me preparei e quando estava passando sobre sua cabeça disparei um jato de fogo grego bem no centro desta. Passei por cima de sua cabeça e virei-me rapidamente, a tempo de o pegar ainda de costas e batendo o pé no chão eu fiz descolar-se do chão umas cinco rochas de tamanho médio, uns cinquenta centímetros de uma ponta a outra, flutuei novamente acima do chão, levando comigo as rochas, girei e estendi os braços, lançando em suas costas todas as rochas, uma atrás da outra. Sem perder tempo, voei mais alto e depois fiz um extenso arco sobre ele, pousando a sua frente ou costas caso ele tenha se virado devido as rochas, mas distante dele.

Spoiler:
 

Spoiler:
 










Clothes: Moletom Roxo, Blusa Azul Clara, Calça Jeans, All Star Preto.
Tags: Diversos.
Notes: Nothing.
Humor: Concentrado.
Musica: Sons of Skyrim.

Quem fez a template foi THE FOX of OOOPS! & FLYING AWAY of TDN <3







Última edição por Enrique d'Orgeron Ebanue em Dom Jun 17, 2012 2:32 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarFinnick C. Odair
Filhos de PoseidonFilhos de Poseidon



Mensagens : 34
Data de inscrição : 07/04/2012
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 8:20 pm







Finnick C. Odair



Dei um sorriso confiante ao ver que meu golpe havia dado certo, então o gigante, infelizmente pegou meu tridente, ateou fogo nele e jogou em minha direção, o maldito queria acabar com minha arma favorita? Não mesmo!
Peguei o Desiluminador na minha mochila e desviei do tridente saltando para o lado, como se estivesse dando uma ombrada bem forte em uma porta invisível, ligando a minha arma, assim, se desse certo o desiluminador iria sugar o fogo, mas o monstro também lançou uma rajada de fogo com sua espada, dei um sorriso ao ver tanta quantidade de fogo e gritei para Nymeria:
-Rápido! Use as Patadas sônicas nele! - Ela respondeu algo como "Não sou um pokémon para me dar ordens!" Mas mesmo assim me obedeceu, se ela acertasse ΩΔΕΙΟ ele ficaria distraído, tempo o suficiente para eu recuperar o tridente e arremessá-lo denovo.
Rolei no chão para desviar da labareda lançada pela espada e liguei o desiluminador para sugar o fogo, em seguida fechei ele e guardei no bolso, corri para recuperar o tridente, que ficara molhado graças a Hidropump, mesmo que por pequenas gotas já me dava certa vantagem.
Até agora desviei de dois ataques, pulei para o lado para escapar do tridente e rolei no chão para desviar da labareda, prendendo todo o fogo no desiluminador, agora era hora de atacar.
Usei minha Hydrokinesis para tirar toda água do meu tridente, deixando ela flutuando ao meu lado, em seguida arremessei o tridente com toda minha força em direção à cabeça de ΩΔΕΙΟ, lancei a bola de água logo atrás, com objetivo de causar mais dano, já que o Tridente provavelmente iria fazer um buraco na cara do ΩΔΕΙΟ, a água iria apagar ainda mais seu fogo, se ele me atacasse com fogo novamente eu iria absorver com o desiluminador.


armas usadas:
 

poderes usados:
 




The Equitador, the boy with the Poison.

notes: UHUL! || tag: Eu, Quíron, meu pai, uma menina aí || place: Estrada || Clothes: [URL=Linkaqui]Aqui[/URL] || music: Sea and Land Tremble || Humor: animado ||





credits: JOÃO AT OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarJake F. Stewart
Filhos de PãFilhos de Pã



Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 20

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 10:00 pm


tagged: Outros campistas, Dash e Estátuas.

clothes: Minha jaqueta e o resto da roupa do camp

notes: Post combinado com Lily.

lyrics: Tic Tic Tac @ Carrapicho
Hora de Pensar!


Lily e eu Escapamos por pouco. Enquanto nos distanciávamos acabei por me lembrar de uma coisa! Ela é uma caçadora!

Eu sinceramente ainda não entendo o porque dela confiar em mim. Sou chato, irritante, meu humor é instável, falo demais, tem hora que eu fico vermelho de tanto falar. Eu acho que ela esta planejando me matar mais pra frente! Eu estou com medo dela agora.

Por enquanto tinha outras coisas pra pensar. Ela ainda estava comigo em Dash. Nós já conseguimos danificar bastante a estátua. Tínhamos que pensar um jeito muito phodalistico para destruirmos ela de vez!

Acho que era hora de jogarmos na defensiva. O que aconteceu com a estátua de Gelo? Eu realmente não sei! Se tivesse como usar uma estátua contra a outra. Ia dar um estrago bem legal!

Veja só, fiz outra vez! Não consigo me concentrar só em uma coisa! Eu tenho que me centrar em ficar longe do alcance da estátua e só depois bolar algo pra acabar com ela.

Eu sinceramente acho que usar a mesma estratégia seria besta. Acho até que Lily pensa igual a mim!

Acordei de meus pensamentos, que como sempre iam de um para o outro like uma garota troca de roupa antes de sair, quando senti que Dash tinha decido. Nós estávamos distantes das estátuas. Isso podia ser bom ou ruim. Eu mesmo já estava me preparando pra voltar pra la caso alguém precisasse de ajuda.

Assim que descemos fiz mais três cavalos, idênticos a Dash, surgirem. Dois estavam a dez centímetros do chão, flutuando. O outro estava na Palma da mão de Lily.

Bom, agora tínhamos quatro cavalos! Um Lily poderia usar, já que ela não podia montar em seu Lobo. Outros dois poderiam ajudar alguém que precisasse de uma condução, sendo assim, os que necessitassem de ajuda só precisam assobiar.

Eu não tinha nada que pudesse fazer, não conseguia pensar em nada útil. Minha mente estava a mil. Todos la atacando. Minha armadura ainda estava ativada, assim meus seis poderosos tentáculos estavam prontos pra nos defender. Ao mesmo tempo já estava preparado para usar meu Bastão e minha Habilidade de fazer trepadeiras surgirem para agarrar os pés de qualquer coisa que se aproxime de nós.

Poderes e armas que podem vir a ser usados:
 


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qua Maio 30, 2012 10:04 pm

Andrew P. Forbes Moriarty



A vida me ensinou a nunca desistir;
Nem ganhar, nem perder mas procurar evoluir.
Charlie Brown Jr.





Depois de me recuperar do golpe que tinha sofrido, estava pronto para minha vingança do golpe. Eu abro minha asas como as trevas e abro minha aura de alma condenada ao máximo que podia e que poderia putrefar meus inimigos que eram Agonia e Ódio. Ativo meu Tirso da Loucura e pego minha Espada Aramaicana e vou pro meio da rua andando rumo à Agonia e Ódio, usei Tentáculo e Domínio para criar vinhas de seis metros para puxar os dois seres do tempo para trás e mais vinhas na frente apareceriam para ajudar as vinhas de trás para fazer os seres caírem. Eu rapidamente levanto voo a uns dois metros do chão me aproximando dos seres calmamente e começo a atirar com meu Tirso da Loucura milhares de uvas-bomba nos dois seres e revezei um pouco entre uvas-bomba e energia roxa sendo atirada nos monstros. Me aproximo mais um pouco dos monstros tento pular do peito de Agonia com a espada apontada para ele, mantive meu controle da vinhas para prender os dois seres. Continuei atirando uvas-bomba e só paro quando caio ou pelo menos tento cair no peito de Agonia e se conseguisse eu faria vários cortes e profundas estocadas no peito dele.


Armas Levadas:
 

Poderes Usados:
 






TEMPLATE BY RAFA OF OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarBenjamin C. Hunter
Filhos de AtenaFilhos de Atena



Mensagens : 32
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 10:57 am



Daniel Tunder

O homem tem a capacidade de mudar o mundo, mas os livros mudam o homem




Tudo que eu havia feito tinha dado errado, ate minha coruja havia sido ferida, espera ai o que?
Minha coruja havia sido ferrida?
Me levanto em meio a queimaduras e me teletransporto para perto do arbusto onde Charli estava, não era nada de mais mas este monstro havia passado dos limites.
Procuro por minha mochila e começo a procurar dentro da mesma a procura de meu remedio, ele curava qualquer coisa daria um jeito em Charlie, e possivelmente em mim tambem.
Pingo algumas gotas do remedio sobre o bico de Charli e a mesma se levanta com a asa perfeitamente perfeita, agora era minha vez, tomei um gole e sinto meu corpo "rejuvenecendo" minhas queimaduras pararam de doer, e me sinto revigorado agora ele haveria de ver o que um filho de Palas Atena era capaz,Me levanto ainda vestido com minha armadura e começo a andar pelo campo de batalha como se fosse em um palco de apresentações, olhos convictos e furtivos em direção ao inimigo, fico a aproximadamente uns vinte metros do oponente e começo a dançar capoeira, movimentos letargicos, confusos e hipnoticos, os movimentos de capoeira muitas vezes eram lentos e perspicazes fazendo o oponente me olhar confuso, esperava deixar o oponente sonolento ou ate mesmo confuso com tudo isso.
Enquanto dançava, eu calculava os locais possiveis de falhas na armadura do oponente, percebo uma vinha solta que Andrew havia invocado para ajuda-lo, a seguro e saio correndo, dou a volta no oponente e o derrubo fazendo o mesmo cair no chão, Minerva voa e bica sua face e sai voando em direção aos céus, Charlie estava atras de uma arvore esperando minhas ordens


Armas:
 


Poder:
 





Tags: Fulano, Beltrano || Vestindo: Aqui || Musica: Nome da musica e cantor
Humor: Seu Humor aqui || Notes: Algo a dizer ?


créditos @ lady marmalade do ops!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 12:15 pm

.

The First Battle
Eu viro um grande picolé humano..

Acabou.. O Automato de Gelo havia derretido. Minha - cof cof - estratégia havia funcionado muito bem, e as uvas ácidas me ajudaram perfeitamente.

- Graças.. - Eu disse, suspirando.

Alex parecia cansado. Acariciei sua cabeça, fazendo-o deitar-se. Mas, ele se levantou rapidamente, ficando em alerta. Algo muito ruim estava para acontecer..
ΩΔΕΙΟ virou-se para mim, e sorriu irônicamente. Eu gelei, literalmente, ao ver que a água virou um vortex, e fiquei olhando meio assim >> YUNO .

O ar ao meu redor começou a esfriar. Minha boca soltava fumaça, quando respirava. A temperatura baixava, e de repente, meu corpo parou de se mover. Eu sentia muito frio, muito mesmo, e percebi que eu estava congelando. Minha cabeça começou a viajar. Tudo começou a ficar preto. Mas, eu não podia ficar ali, parada, congelando. Tinha de ser forte.. Eu precisava ajudar meus amigos, e ajudar Lord Poseidon.







Ass: A. H. S.



~ Acompanhando.: ~ Jake, Lily,
Finn, And, Enrique, Cameron, Daniel.
~ Roupa.: ~ Isso
~ Música.: ~ My Immortal
~ Créditos .: ~ Raiser W. Phoenix.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 12:31 pm



Lily H. Lupin
São estranhos os caminhos da vida e do amor. - Lily, The Host




Jake e eu conseguimos escapar e com uma taxa de acerto dos bons! A criatura agora estava fraca, e isso já era o suficiente!
Ainda estava com Jake, montados em Dash, que agora planava para o chão um pouco longe dos demais. A estátua de gelo, bem eu não sei muita coisa sobre ela, mas Enrique, Anna, Cameron e os outros dariam conta. Tenho certeza.
Eu ainda torcia para que Ártemis entendesse o que estava acontecendo, e não me fulminasse por estar com Jake. Eu ainda não tinha uma opnião formada totalmente sobre ele, mas me parecia descente.

Agora era hora de tomar a defensiva, já haviamos feito um bom trabalho e se tentássemos a mesma estratégia seria idiotisse, creio que Jake pensou o mesmo, pois logo que pousamos no chão, longe das estátuas, fez mais três cavalos, idênticos ao simpático Dash aparecerem. Eu sabia que assim como eu ele estaria pronto para voltar se alguém precisasse de ajuda.
Ele me deu um, do tamanho de minha mão e eu o coloquei com cuidado no bolso da frente da jaqueta. Peguei o arco e armei com mais uma flecha de eletricidade preparada.
Os outros cavalos começaram a flutuar, atentos aos demais para o caso de um chamado, Jake avisou que sua armadura estava pronta para se ativar e nos proteger.

Controlei os ventos para se posicionarem ao meu redor, assim se precisasse eles entrariam em ação.
Olhei para Jake e indiquei com a cabeça na direção das estátuas enquanto tentava recuperar o fôlego. - Eu tenho um plano... Pode ser que dê certo... Mas só tenho metade dele pronto, preciso de ajuda! - Olhei friamente pra ele, o avaliando e suspirei - só me faça um favor, não me decepcione.
Armas e itens que poderão ser util a resposta desse post:
 



(...)

Spoiler:
 




THANKS BRITTY @ OPS.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 1:28 pm

The Sea is Beautifull



With the lights out it's less dangerous
----------Here we are now entertain us
30/05/12 - 14:05
Capítulo I - O Início
Let's



A maioria das informações da batalha serão feitas separadamente.

Enrique d'Orgeron Ebanue

Enrique conseguiu se salvar. Gerando o fogo do inferno, conseguiu derreter suas algemas de gelo, com uma leve ajuda de Hades. Agonia estava ocupado demais, pois não percebeu o movimento de Enrique. Rápido como um raio, Enrique lançou um imenso globo de fogo grego; Agonia apenas se virou a tempo de receber a rajada mortal; Quando o fogo se dissipou, Agonia tinha apenas as pernas; Uma poça d'água se formava embaixo de seus pés; Naturalmente, ele se reformulou, a tempo de levar várias " rochadas " em suas costas. As rochas se cravaram rapidamente em sua coluna, fazendo-o gritar de dor. Enrique sorriu satisfeito, e subiu, evitando o imenso golpe da espada de Agonia; Mais o pior ainda estava por vir.

Finnick C. Odair

Quase. Finnick conseguiu desviar de seu tridente em chamadas rapidamente, tornando-o normal; A labareda foi prendida em seu desiluminador, mas não toda; Como o fogo era a essência de Dor, uma certa parte se desviou; Ela voou rapidamente para a perna de Finnick, e começou a se enroscar, como uma pequena cobra de fogo; Naturalmente, Finnick gritou de dor, pois sentiu a perna sendo queimada. Dor, apesar de extremamente machucado, conseguiu sorrir ironicamente para Finnick;

Jake F. Stewart & Lily H. Lupin

Jake não realizou muitos movimentos; Depois de uma certa vertigem, voltou ao normal; Seu cavalo relinchava apreensivo, mas Jake o acalmava; Ficou totalmente preparado para Agonia, mas ele simplesmente o fitou com desprezo, e mesmo fraco, se levantou. O chão começou a derreter em sua volta, enquanto ele caminhava para Anna, que estava imobilizada e fraca; As plantas de Jake criaram vida rapidamente, agarrando-o e prendendo-o; Mas ele apenas aumentou um pouco a temperatura do corpo, e as derreteu. Os ventos de Lily rugiram furiosamente nos ouvidos de Agonia, o empurrando para trás e quase o derrubando; Ele lutava furiosamente contra os ventos, enquanto Lily se concentrava em mantê-lo afastado; Agora cabia a Jake resgatar Anna.

Andrew P. Forbes Moriarty

Andrew aproveitou a oportunidade; Lançou milhares e milhares de uvas explosivas em Agonia, enquanto ele era preso por Lily; As uvas causavam um show de luzes roxas incríveis; O ar se enchia com um ar ácido, o cheiro de vinho; Tudo se tingia com fumaças roxas, enquanto Dor e Agonia eram bombardiados por Andrew; Depois de receberem raios roxos e uvas bombas, os dois autômatos estavam extremamente cansados, prestes a morrer.


Daniel não teve chance de atacar. As duas estátuas fizeram algo inesperado; As duas começaram a girar tão velozmente que era possível ver apenas um borrão; As duas escaparam de seus martírios e foram se aproximando uma da outra; Quando se tocaram, uma explosão de luz aconteceu; As duas começaram a se misturar, aumentar de tamanho, poder. Em poucos segundos, havia um novo autômato. Tinha pelo menos 20 metros de altura; A parte de trás era Agonia, pegando fogo, com sua espada em mãos; A parte da frente era Dor, gelado e com uma expressão fria; Os dois estavam grudados, de modo que ficavam com as cabeças opostas. As estátuas rugiram, e o ar explodiu; O lado de Dor virou o próprio Polo Norte, com nevascas furiosas; O lado de Agonia virou o inferno, com um calor insuportável. As duas estátuas gargalharam sinistramente, em uníssono;

Vida/Energia de Fogelo:
 

Informações Adicionais:
 

Para Hades & Prazo de Postagem:
 

..
Template By THE FOX of OOOPS! <3
NOTES - / Clotes - Isso - Baseado na musica Smell like teen spirit by Nirvana.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 4:13 pm

Andrew P. Forbes Moriarty



A vida me ensinou a nunca desistir;
Nem ganhar, nem perder mas procurar evoluir.
Charlie Brown Jr.





Eu consegui fazer todos meus ataques e graças aos meus ataques todos os outros golpes dos semideuses tiveram mais efeito e a princípio tudo estava certo, mas os monstros brilharam e se juntaram. Eu olhei aquilo e imaginei a hora de quem criou isso porque foi muito bem bolado. Eu rapidamente levanto voo e repito parte do ataque anterior. Mantive meu Tirso e a espada ativados fico encima dos dois seres unidos. Uso Tentáculo e Domínio para criar vinhas de seis metros para puxar os dois seres do tempo para trás e mais vinhas na frente apareceriam para ajudar as vinhas de trás para fazer os seres unidos caírem, mas que fosse do lado do gelo no chão. Eu me aproximei dos seres calmamente e começo a atirar com meu Tirso da Loucura milhares de uvas-bomba na promoção de monstros 2 em 1 e revezei um pouco entre uvas-bomba e energia roxa sendo atirada nos monstros. Me aproximo mais um pouco dos monstros unidos tento pular do peito de Agonia com a espada apontada para ele, mantive meu controle da vinhas para prender os dois seres. Continuei atirando uvas-bomba e só paro quando caio ou pelo menos tento cair no peito de Agonia e se conseguisse eu faria vários cortes e profundas estocadas no peito dele me equilibrando pois lembrei que tinha a outra parte do monstro embaixo.


Armas Levadas:
 

Poderes Usados:
 






TEMPLATE BY RAFA OF OPS
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 5:35 pm


    ----------------------------------------------------------------------------------------------------
    Local: Acampamento Meio-Sangue.
    Turno: Matutino.
    Post: 004.
    Tensão...

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------

    And I keep saying wait just one more day...
    Cameron havia sido prezo pela maldita estátua de gelo. À princípio ficou sem reação, pois ao contrário de seu irmão ainda não tinha uma habilidade especial. O garoto olhou para os lados e viu que todos os semideuses lutavam, então estavam ocupados demais pra lhe soltarem. O único jeito foi pedir ajuda ao irmão, não lhe restava mais nada. Cameron havia visto o que Rick fez para descongelar os braços e achou simplesmente algo extraordinário.

    Olhou em volta e então discretamente pediu para Rick ajudá-lo a se soltar. O outro filho de Hades usara fogo negro pra desprender as pernas de Cameron e este depois de livre agradeceu e respirou fundo se preparando para o próximo ataque. Pensou em inúmeras estratégias, mas todas apresentavam falhas e ele poderia ficar preso novamente ou ser mandado ao submundo. Hesitando muito, decidiu fazer algo. Guardou a foice e a espada precisa e pegou o Mini Bidente e a Adaga DarkHades.

    Algo repentino aconteceu. Enquanto Cameron formava a estratégia de ataque, ele viu as duas estátuas se unirem. O novo ser formado era bem maior e parecia ser um pouco mais perigoso, só que havia uma vantagem: elas agora não poderiam está em dois lugares ao mesmo tempo. Logo, uma não poderia ajudar a outra. Viu que o filho de Dionísio atacava a nova estátua e então esperou este concluir o ataque.

    Cameron se concentrou e então "invocou" sua asas de fogo. São super asas pretas de fogo. Levantou voo e ficou a alguns metros do chão. Voou na direção da estátua com cuidado e desviando sempre que estava atacava. Quando se aproximou um pouco, lançou sua adaga na parte superior da estátua de fogo. A DarkHades mudava de cor enquanto ia na direção da face da estátua de fogo. Fez um movimento no ar tentando despistar a estátua e então lançou o seu Mini Bidente na parte inferior da mesma. O garoto queria produzir as explosões de energia negra.

    Depois de lançar as suas duas armas, Cameron fez algumas penas desprenderem das asas. Como são infinitas, não haveria perigo do semideus cair do alto. As penas quando se soltaram das asas, viraram penas de fogo e então Cameron as direcionou à parte de gelo da estátua. Se concentrou um pouco e invocou dez saldados esqueletos. Ele queria manter ambas as partes da estátua ocupada enquanto os outros semideuses pensavam em algo. Depois de invocar os soldados, deixou estes lutando contra a estátua e se afastou temendo sofrer ataques. O garoto ainda ficou atento, pois caso a parte de fogo usasse poderes de fogo ele iria manipular as chamas e atacar a parte de gelo.


    Armas e Itens levados:
     
    Poderes:
     
Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarFinnick C. Odair
Filhos de PoseidonFilhos de Poseidon



Mensagens : 34
Data de inscrição : 07/04/2012
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 9:18 pm







Finnick C. Odair




Quando pensava que meu plano estava dando certo, um não-sei-o-que de fogo pulou em minha perna e se enroscou como uma serpente, gritei de dor e finquei o tridente no chão, usando minha habilidade de criar um gêiser. Fiz um de água quente para atacar a fusão das estátuas pois, não importa o calor, a água sempre vai apagar o fogo, e água quente derrete gelo, assm vi o gêiser quente como a melhor opção. Descarreguei muita energia nesse ataque para ver se causava um belo estrago, fazendo o gêiser sair bem de baixo do monstro.
Em seguida, para não perder a mania de atacar sem parar, abri a mochila e tirei o escudo do veneno, encaixei ele em meu antebraço esquerdo, depois guardei o tridente e peguei o Arco-Sereiano, puxei uma flecha e mirei bem no flanco do gigante, em seguida manquei(graças à queimadura na perna) para trás e soltei a corda, fazendo a flecha ir em direção à ele com um canto de sereia. Continuei disparando flechas, uma após a outra, mas dessa vez mirava no rosto de fogo do gigante fundido (háá, leu outra coisa, não?)
Como se não bastasse as flechas passei por baixo das pernas do gigante correndo o mais rápido que podia e lancei uma labareda de fogo na parte gelada dele com o meu Desiluminador.


armas que estou usando:
 

poderes usados:
 




The Equitador, the boy with the Poison.

notes: A Giant of Ice and Fire || tag: gigante grandão e eu || place: Estrada || Clothes: [URL=Linkaqui]Aqui[/URL] || music: Sea and Land Tremble || Humor: animado||
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarJake F. Stewart
Filhos de PãFilhos de Pã



Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/05/2012
Idade : 20

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 9:30 pm


tagged: Outros campistas, Dash e Estátuas.

clothes: Minha jaqueta e o resto da roupa do camp

notes:

lyrics: Tic Tic Tac @ Carrapicho
Hora de enfrentar o Megazord ù.ú!


Lily e eu ainda estávamos meio que conversando. Ela me disse que ja tinha meio plano formado. Pausou por um tempo, em seguida me pediu algo que me deixou espantado. Ela me pediu para não decepcioná-la.

Eu não entendi o sentido sobre decepcionar... Acho que é porque eu não sou la muito esperto, ou rápido, ou poderoso. Sou desapontador ç.ç

Eu assenti com a cabeça meio sem saber direito o que fazer... Fiquei confuso.

Olhei e vi a estátua de Fogo se aproximar de Anna. Havia lava por todo o local. Isso poderia até vir a ajudá-la a derreter, mas era extremamente perigoso.

Eu tinha que parar a estátua. Eu sabia que minhas plantas não iam ser de grande ajuda, então tinha que ir até ela, ou chamar alguém, já que Lily estava segurando a estátua!

Droga, só agora que vi! Todos estavam ocupados. Anna estava la, congelada. Eu tinha que ajudá-la. Minha cabeça estava a mil. Foi difícil processar tanta coisa. Será que ela estava vendo tudo aquilo? Sempre quis saber como é ser congelado!

Ta, não importa. Eu tinha que Ajudá-la. Lily estava segurando a estátua e isso já me deu uma brecha pra ir ajudar Anna.

Eu ia correndo ao lado de Dash, tão rápido quanto ele, e assim pudemos nos aproximar de Anna.

Assim que tive chance segurei nela pronto para puxá-la pra cima de Dash. Mas quando toco sinto aquele gelo ser transmitido por todo meu corpo! Di Immortales! Era horrível! Imagina se eu tivesse la? Agora não quero mais ser congelado.

Pra minha sorte eu ainda estava com meu Bastão! Usei ele pra fazer alguns cipós surgirem. os enrolei em Anna e fiz um sinal para que Dash Flutuasse. Ótimo, Anna já não estava mais no chão. Era um estranho modo de carregá-la, mas o que importava é tirá-la do alcance do monstro, NA MAIOR DIGNIDADE!

Como eu me sentia sortudo. Eu tenho agilidade e força o suficiente para puxá-los e tirá-los dali. Seria útil se eu tivesse treinado Dash e ensinado ele a se controlar no ar, mas ele flutuando já ajuda.

Me senti como se estivesse soltando pipa! E eu nunca gostei muito disso. Puxei-os NA MAIOR DIGNIDADE para longe da estátua. Eu tinha que tirar Anna dali! Varias vezes olhava para Lily pra ver como ela estava. Assim que ela precisasse de mim ela assobiaria. Mas por enquanto só me centrei em ajudar Anna. Seu Leopardo estava conosco. Logo paramos.

Deixei ela no Sol, acho que se eu deixasse ela perto da lava teria sido melhor, mas ainda tinha que pensar num modo de derrete-la que teria poucas chances de matá-la. Mas logo o sol sumiu. O lugar onde estávamos, ou melhor, o lado que estávamos foi tomado pelo gelo.

Comecei a rever tudo o que eu tinha, e o que podia fazer.

Ótimo, nada me vinha em mente. Apenas Enrique. O que ele estava fazendo? Olhei a volta, ele estava o que? Admirando a coisa que as estátuas viraram? Só sei que agora ele ia estar mega poderoso. Já que ele poderia controlar todo o fogo daquele inferno...

Espera! Já sei!

Peguei Anna novamente e fui para o lado infernal. Agora que viraram aquilo, eu tive que enfrentar a nevasca para chegar ao inferno. No lado infernal estava extremamente quente. Seria perfeito para derretê-la e depois esquentá-la. Tomara que ela não tenha um choque térmico.

Logo cheguei la, seu Leopardo não saia de perto. Ele estava impaciente, dava pra ver como ele estava preocupado com ela, nem era necessário ouvir os pensamentos dele.

Não precisei acalmá-lo, ele sabia que eu ia me esforçar para ajudá-la.

Dash estava assustado com o que aquilo tinha se transformado!

Desta vez ele apenas me acompanhado, já que eu ativei os tentáculos de minha armadura para carregar Anna. Logo ela derreteria. E eu tinha que estar preparado para ajudá-la a se recuperar! Eu esperava que ela votlasse ao normal o mais rápido possível. Acho que só destruiremos este automato se todos nós trabalharmos juntos!

Armas usadas:
 

Considerar:
 

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarBenjamin C. Hunter
Filhos de AtenaFilhos de Atena



Mensagens : 32
Data de inscrição : 25/03/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Qui Maio 31, 2012 10:55 pm



Daniel Tunder

O homem tem a capacidade de mudar o mundo, mas os livros mudam o homem





A UNIÃO FAZ A FORÇA

Todos estavam a atacar o alasca e o deserto, tudo era quente e frio depois que os automatos se fundiram, mas devido a junção ser feita ele estava mais fraco, pois seu lado quente enfraqueçia o lado frio e seu lado frio enfraquecia o lado quente, mas enfim ja estava cansado disso estas pragas não morrem?
Chego perto de Jake atravessando a nevasca infernal e o vejo colocando Anna no chão então penso ( tenho de ajudar uma companheira de missão ) então digo:
-Jake posso ajuda-la?
Antes do mesmo responder seguro minha espada com diamantes que Charlie traz em suas patas para mim, a pego e começo a "esculpir" o gelo ao redor de Anna, em questão de minutos uma pequena pelicula de gelo pode ser vista derrentendo devido a temperatura, pego meu frasco de remedio e deposito um pouco em sua boca, na esperança de cura-la, me viro e transformo meu calice em um arco e começo a desferir disparos de energia roxa contra o lado de fogo do automato.


Poder:
 
Arma:
 





Tags: Fulano, Beltrano || Vestindo: Aqui || Musica: Nome da musica e cantor
Humor: Seu Humor aqui || Notes: Algo a dizer ?


créditos @ lady marmalade do ops!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Sex Jun 01, 2012 12:36 pm

.

The First Battle
De volta ao Planeta Terra !!


Parecia que algo ruim acontecera enquanto eu estava congelada. Eu odiava a ideia de ser a "donzela em perigo", parecia que eu era dependente dos outros semi-deuses.
Meu Leopardo não saíra de lá, nem por um minuto. Eu podia sentir a sua presença, o que me agradava. Não gostaria de vê-lo morto.

...


Passado algum tempo, eu me senti como se estivesse sendo movida, pelo ar. Não tive certeza do que estava acontecendo, na verdade, não fazia ideia. O gelo que me cobria fez um estrondo ao cair ao chão. Foi impressionante ele não ter quebrado.

O gelo começou a ficar úmido, e parecia derreter, porém muito lentamente. Com essa experiência, eu descobri como um frango congelado e pronto para ser cozido, se sente. Alguns murmúrios já podiam ser ouvidos, graças ao gelo derretido. Parecia uma conversa.. Só sei que, pouco tempo depois, o gelo de minha parte superior do corpo, havia desaparecido. Eu ainda estava pálida, e morrendo de frio. O que começou a melhorar, pois o local parecia um inferno.

Comecei a respirar, ofegante, como se acabasse de sair de uma maratona esportiva. Alex começou a arranhar a parte inferior do gelo, o que em poucos minutos me libertou. Daniel e Jake estavam parados na minha frente, após me ajudarem. Daniel pegou um frasco de Cura, e levou a minha boca, o que me deu mais energia do que precisava. Olhei para o campo de batalha, e vi que todos estavam se esforçando.

Ao bater o olho nas estátuas, percebi que elas se fundiram, e tornaram-se mais fortes.

- Hum.. Agora que eu estou novamente sintonizada na rádio, alguém pode me dizer oque aconteceu?

Coloquei as mãos na cintura, e observei meu anel/tirso. Uvas ácidas já não seriam boa ideia. Precisávamos de um ataque em grupo, como um super combo, que fizesse o "chefão" cair de vez.

Armas Levadas:
 








Ass: A. H. S.



~ Acompanhando.: ~ Jake, Lily,
Finn, And, Enrique, Cameron, Daniel.
~ Roupa.: ~ Isso
~ Música.: ~ My Immortal
~ Créditos .: ~ Raiser W. Phoenix.

Voltar ao Topo Ir em baixo
avatarEnrique O. Ebanue
Devotos de HeraDevotos de Hera



Mensagens : 54
Data de inscrição : 13/04/2012
Idade : 22

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   Sex Jun 01, 2012 12:57 pm

{Enrique d'Orgeron Ebanue }
A morte não é definitiva como um ponto final nem frágil como uma vírgula, mas misteriosa como uma reticências...




Eu me vangloriei por minha tática ter dado completamente certo, mas então vi que Cameron estava com as pernas imobilizadas. Ela aparentemente me vira usando fogo infernal para derreter minhas algemas de gelo e queria que eu fizesse o mesmo, pois me chamou. Eu me aproximei de suas pernas e invoquei uma quantidade considerável de fogo negro, na verdade, ele não era negro, bem negro, preto, ele estava mais para um púrpura escuro, mas essa era a denominação desse tipo de energia, fogo negro. O fogo girou ao redor das pernas dele, como um vórtex púrpura e bruxuleante e eu esperei que tivesse funcionado, já que tive que focar em outra coisa. De repente, os dois autômatos começaram um giro descontrolado ao redor de si mesmos e quando pararam... Meu coração palpitou descontrolado e principalmente assustado. Um ser de vinte metros estava a nossa frente, meio gelo e meio fogo. Eu fiquei sem saber o que fazer quando senti a temperatura caindo onde estava. Eu precisava sair dali.

Corri em direção ao outro corpo, ao lado do fogo, onde eu teria imunidade devido aos meus poderes como filho de Hades e ainda vantagem graças a meu domínio sobre o fogo. Ali havia um calor meio brusco, mas suficiente para que eu aguentasse, mesmo que sentisse calor. Olhei para os lados, procurando por meu Leão e finalmente visualizei Ágrian atrás de mim, no lado do fogo.

Vem cá, garotão! - meu leão nem pensou e correu em minha direção.

Eu acariciei sua juba e depois disse que ele pegasse fogo. Em segundos seu pelo amarelo se transformou em puras chamas. Preferia que ele ficasse preparado para tudo e então resolvi trocar de item, guardei minha espada precisa e peguei minha Moeda da Sorte, lançando-a para cima e transformando-a em uma espada de ouro celestial. Fechei minhas asas e disparei em direção ao monstro, sem saber muito bem o que fazer, eu preferi apenas arriscar. Com facilidade encobri a lâmina de minha arma com fogo grego e então corri até o lado de fogo da espada. Passei a seu lado e com um movimento rápido desferi-lhe um corte na perna. Tinha certeza que o efeito teria sido mínimo, mas de grão em grão a galinha enche o papo. Afastei-me imediatamente do monstro, tentando a todo custo pensar em uma estratégia, mas nada me vinha à mente.

Spoiler:
 

Spoiler:
 










Clothes: Moletom Roxo, Blusa Azul Clara, Calça Jeans, All Star Preto.
Tags: Diversos.
Notes: Nothing.
Humor: Angustiado.
Musica: Sons of Skyrim.

Quem fez a template foi THE FOX of OOOPS! & FLYING AWAY of TDN <3








Última edição por Enrique d'Orgeron Ebanue em Dom Jun 17, 2012 2:31 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Supressão do Tempo [Encerrada]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

A Supressão do Tempo [Encerrada]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

 Tópicos similares

-
» Leilão por tempo definido
» Tempo dinâmico e Hora do Sistema
» Maldito Tempo
» 12º treino[Akon e Suzuki]-Corrida contra o Tempo
» Lista de Sistemas de Batalha Em Tempo Real

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Anaklusmos RPG :: Área do Membro :: OFF Topic :: A Supressão do Tempo [Encerrada]-