Anaklusmos RPG
Olá,

Seja bem-vindo ao Anaklusmos RPG;

Caso queira se registrar, clique em ''REGISTRAR-SE''
Se ja for membro clique em ''LOGIN''.

Agradecemos pela visita.

Boa diversão!!


.
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Floresta do CHB

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Henry K. Soon
Filhos de ApoloFilhos de Apolo



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/09/2013

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Sab Out 26, 2013 10:23 pm



Passeio na floresta



tagged: Dafne wearing:Sei lá, qualquer coisa credits: cács @ cg!


  Aqueles ferimentos realmente me intrigavam. Dafne não sabia fazer curativos e muito menos os remédios que deveria usar. Quíron disse que não havia lhe dado néctar e ambrosia, então alguém a ajudou.  Chamei-a para um passeio na floresta para que ela pudesse me contar o que aconteceu durante sua missão e se foi acompanhada. Não que eu esteja com ciúmes, é só por curiosidade. Suspirei ao olhar novamente sua perna. Quem o tiver feito com certeza absoluta devia estar morto.
- Você vai acabar se matando desse jeito!
Ela pareceu não perceber, mas seu rosto ficou vermelho. Como ela consegue ser tão linda?! , pensei.
- Não exagera...
Remexi a cabeça e continuamos andando. Quando chegamos a uma das trilhas, percebi que ela não conseguiria andar sozinha. Peguei seu braço direito e coloquei-o sobre meus ombros para ajudá-la a andar. Logo as árvores tamparam praticamente toda a luz do sol, o que não me deixava muito feliz.
Pensei em alguma maneira de começar a conversa. Após alguns minutos criei coragem e perguntei:
- Como foi a viagem?
   


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dafne Hoon Kane
Filhos de MorfeuFilhos de Morfeu



Mensagens : 38
Data de inscrição : 02/07/2013

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 5:58 pm

Passeio na Floresta
Em perfeita compania

A pergunta não me surpreendeu. Achei normal ele ficar curioso quanto minha missão de resgate. Só não esperava que fosse tão direto. Encostei minha cabeça em seu ombro esquerdo e percebi que não tinha a menor idéia de como começar a longa história de como eu havia recuperado o símbolo de meu pai.
- Eu não tenho a menor idéia de por onde deveria começar.
Com sua mão livre ele tentou limpar o sangue seco da minha bochecha esquerda e então respondeu:
- Que tal... Por quando seu pai falou com você?
Pensei em como seria a melhor forma de lhe responder. Depois de caminharmos alguns metros, disse-lhe que durante um sonho, Morfeu apareceu e me informou o que havia acontecido e que eu deveria achar o ladrão de seu símbolo no Hotel e Cassino Lótus. Então eu acordei e fui falar com Quíron.
Henry ouviu tudo com os olhos focados na trilha. Eu aguardei sua resposta em silêncio enquanto observava seu rosto.


thanks juuub's @ cp!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarHenry K. Soon
Filhos de ApoloFilhos de Apolo



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/09/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 6:53 pm



Passeio na Floresta



tagged: Dafne wearing: Sei lá, qualquer coisa credits: cács @ cg!


 
Só não a encarava de volta porque eu não conseguiria continuar falando, mas pude ver seus cabelos castanho-escuros se mexendo contra o vento e batendo em seu rosto.  Assim que ela contou como saiu do acampamento, pensei em qual seria a próxima pergunta.
- Como você chegou até lá? No aeroporto, quero dizer...
Ela começou a rir e pareceu que não conseguiria mais parar. Ela começou a ficar vermelha e lágrimas saíram dos seus olhos. Diminui ainda mais o ritmo e perguntei-lhe:
-F-Foi alguma coisa que eu disse?
Ela tomou ar e tirou sua cabeça de meu ombro.
- Quíron me fez dirigir até LaGuardia! Acredita?!
Desatamos a rir por longos minutos. Depois de alguns minutos, pude ver que ela já não aguentava andar. O ferimento em sua perna podia se abrir em qualquer instante. Parei de andar e olhei para ela com um sorriso, o que significa que eu vou fazer alguma coisa estúpida. Ela tentou protestar, mas antes que conseguisse falar, peguei-a nos braços e continuei a andar, evitando ao máximo tocar em sua perna esquerda.


   


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarDafne Hoon Kane
Filhos de MorfeuFilhos de Morfeu



Mensagens : 38
Data de inscrição : 02/07/2013
Idade : 17
Localização : Chalé de Morfeu *o*

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 7:59 pm

Passeio na Floresta
Em perfeita compania


Eu não conseguia parar de rir. Por algum motivo, a idéia de ter ficado desesperada ao ir dirigindo para o aeroporto agora me parecia idiota.
- F-Foi alguma coisa que eu disse?
Rir doía muito, mas eu não conseguia parar. Prendi a respiração e depois peguei o tanto de ar que pudesse. Desencostei de seu ombro e respondi:
-Quíron me fez dirigir até LaGuardia! Acredita?!
Por um segundo ele tentou prender o riso, mas logo éramos um casal de loucos rindo no meio da floreta cheia de monstros. Quando estávamos distraídos, tropecei em um galho, mas Henry me segurou a tempo. Encaramos-nos por um tempo e então ele fez aquele sorriso. Não um sorriso que qualquer namorado normal faz, mas aquele que indica que você está ferrado.
Em questão de segundos, ele andava normalmente me segurando nos braços. Pude perceber que tomava muito cuidado com minha perna, mas aquilo realmente era gratificante.
- Pode continuar com as perguntas...


thanks juuub's @ cp!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarHenry K. Soon
Filhos de ApoloFilhos de Apolo



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/09/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 8:42 pm



Passeio na Floresta



tagged: Dafnewearing: Sei lá, qualquer coisacredits: cács @ cg!



Com uma cara muito idiota, continuei andando, tentando não fazer nada muito estúpido.
Olhei para o alto, procurando achar algum sinal do sol. As folhas faziam um barulho agradável e o vento parecia tocar apenas as folhas, fazendo-as voarem para nossa direção. Tudo estava perfeitamente... Bem. De uma forma que eu nunca tinha estado desde o casamento de minha mãe e meu padrasto. Certamente o azar me atacaria três vezes mais depois disso.
Respirei fundo e finalmente falei:
- Agora eu acho que você pode continuar a história sozinha. Ou você ainda não consegue?





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarDafne Hoon Kane
Filhos de MorfeuFilhos de Morfeu



Mensagens : 38
Data de inscrição : 02/07/2013
Idade : 17
Localização : Chalé de Morfeu *o*

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 9:21 pm

Passeio na Floresta
Em perfeita compania


Enquanto ele observava a paisagem ao nosso redor, não pude deixar de observá-lo. Seus olhos castanhos, cabelos negros e curtos... Eu realmente chego a pensar se merecia tanto. Quando ele voltou a atenção novamente para mim, olhei para a trilha em nossa frente, disfarçando minha obsessão.
- Agora eu acho que você pode continuar a história sozinha. Ou você ainda não consegue?
Lancei-lhe um olhar ameaçador e respondi:
- Está me desafiando, é? Certo, certo. Eu te conto tudo com os mínimos detalhes.
Comecei falando de quando entrei no avião e encontrei Avery, uma empousa que fora fundamental para que eu continuasse minha missão. De quando encontramos a irmã do homem que roubara o símbolo de poder de meu pai, que foi ela a autora do corte em minha perna e que eu acabei matando-a.
Terminei contando sobre quando havia recuperado o pertence de meu pai e voltei para o acampamento. Ele ouvia a tudo atentamente, mas parecia aliviado demais.
thanks juuub's @ cp!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarHenry K. Soon
Filhos de ApoloFilhos de Apolo



Mensagens : 6
Data de inscrição : 07/09/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Dom Out 27, 2013 11:22 pm



Passeio na Floresta



tagged:Dafne wearing:Sei lá, qualquer coisa credits: cács @ cg!

Fiquei aliviado ao saber que o ferimento mais grave que ela tinha fora cuidado pela empousa que a acompanhava. Percebi que ela havia ficado triste ao relembrar a morte de sua companheira provisória, então resolvi fazer algo que realmente poderia deixá-la feliz ou brava demais.
Deixei-a no chão novamente. Eu não tinha certeza se o que eu faria seria o certo, mas o máximo que poderia acontecer era eu dormir para o resto da eternidade. Nada demais.
- O que... – interrompi-a aproximando meu dedo indicador da sua boca.
- Apenas prometa que não vai me matar.
Não esperei sua resposta. Aproximei-a para perto de mim, envolvi-a com meus braços e encostei minha testa na dela.
- Eu te amo muito, baixinha – sussurrei.
Encostei meus lábios junto aos dela, roçando-os levemente. Quase esgueirei quando senti que ela havia levantado os braços, mas ela apenas envolveu-os em torno do meu pescoço. Continuamos assim até ala se afastar para respirar.
- Eu também... Te amo muito – disse ela – E talvez... Quem sabe três dias dormindo seja um bom castigo?
- Certo, pode me castigar como quiser depois. Agora eu tenho que te levar para o seu chalé.

~
Encerrado~








Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarTheo Chevalier
Filhos de HefestoFilhos de Hefesto



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 18

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Qui Jan 23, 2014 10:17 am




  Unbreakable




A brisa leve que corria por entre as árvores levava junto consigo todo o tipo de lembrança maligna de um passado trágico. As folhas que eram carregadas pelo vento formavam um chá de positividade que limpava minha alma de tudo aquilo que me trouxesse as más vibrações. A sensação de abandono e maus tratos iam embora aos poucos na imaginação de uma palavra: Inquebrável. Este sou eu.

Pra quem um dia foi largado na porta de uma oficina pela mãe, pra quem um dia foi um intruso no meio da família rica e poderosa, pra quem um dia apanhou simplesmente por não ser aceito, pra quem um dia teve que dizer adeus a uma única coisa que gostava em troca de uma nova felicidade, pra quem já chorou muito na vida e manteve-se de pé, eu sou mesmo o Inquebrável.

Ainda tenho pesadelos com os cães dos policias correndo atrás de mim, com os skinheads chutando minha cabeça apenas por diversão, com os vendedores de lojas alheias me xingando por não lhes pagar tudo o que devo, e principalmente, em saber agora quem eu sou.

Vivendo em uma vida totalmente nova, aceito num lugar onde sou apenas mais um. Isso é bom. Não ser tratado como algo estranho, por mais que eu realmente seja. Não ser tratado como uma aberração. Encontrei o meu lugar. Diferente do que eu estou acostumado, mas válido se comparado ao meu passado. Queria poder esquecê-lo. Queria muito...

Tudo o que posso fazer agora para afastar essas lembranças de mim é voltar todos os dias nessa floresta, deitar-me no chão e deixar que o vento se encarregue de levá-los embora, assim como estou agora. Com os pés descalços, sentindo nos dedos gelados a terra fria e a pouca grama que ali havia. Uma pétala branca pousando em minha testa. Um pequeno sinal de esperança. Um pequeno sinal de uma vida nova.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarAnnika Glendower
Filhos de HermesFilhos de Hermes



Mensagens : 4
Data de inscrição : 21/01/2014

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Qui Jan 23, 2014 11:17 am



dangerous annika

CAUSE I KNOW THERE'S SOMEONE PRAYING THAT I MAKE IT HOME
Eu precisava de um tempo para pensar e esparecer, tirar algumas das demais preocupações. Eu precisava fingir que estava tudo ok, que minha vida estava a melhor do mundo. Talvez fosse o suficiente para eu me sentir bem. Não havia lugares tranquilos pelo camp, exceto a floresta, mas recebi milhões de avisos que lá era perigoso. No entanto, eu fui. Uma floresta não podia ser mais perigosa que a minha vida. Mas por segurança própria coloquei minha Adaga de Bronze na bainha e calcei os tênis que meu pai me presenteara.

Caminhei até a floresta, ignorando por completo os demais a minha volta. Adentrei o local, tomando cuidado para não receber olhares, pois provavelmente alarmariam Quíron. Atravessei o local por um longo tempo, passando por entre árvores. Parei em uma clareira, sentando em um toco de árvore. Por fim, tranquilo. Comecei a cantarolar, sentindo a brisa fresca em meu rosto, brincando com meus cabelos laranjas chamativos.
copyright 2013 - all rights reserved for larissa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarTheo Chevalier
Filhos de HefestoFilhos de Hefesto



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 18

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Sex Jan 24, 2014 8:08 pm




  The Singer




Minha serenidade fica melhor a cada segundo. Disseram-me assim que eu havia chegado a este novo lar que a floresta era um lugar perigoso, cheio de monstros. Bem, se há monstros aqui dentro, eles são espantados pela brisa, pelo cheiro de grama, pela melodia entoada por uma delicada voz, com certeza.

Abro meus olhos um tanto estranhado. Não havia nenhuma voz delicada entoando nenhuma melodia antes. Deviam ser as tais ninfas que haviam me falado. Como eram mesmo seus nomes? Tinham as das árvores... Dríades! E as dos rios, também chamadas Náiades. Diziam que as tais ninfas são especialistas em sedução. São como fadas e sereias. Bem, acho que estou indo pelo encanto delas, pois quando percebo já estou de pé na grama fria e caminhando a procura da voz.

A princípio não encontro a dona da encantadora voz, mas depois de mais ou menos um minuto de busca, encontrei sentada em um toco de árvore. A princípio achei que fosse uma das Dríades, mas logo me convenci de que não era por ela ser bem parecida com as outras meninas que ficam no chalé ao lado do meu. Como é mesmo? Chalé 11... Hermes! Isso, uma filha de Hermes. Não me lembro dela particularmente, mas ao mesmo tempo é familiar. Devo ter passado por ela em algum momento, ou talvez eu a tenha observado da janela de meu chalé, que é vizinho ao seu. Quer dizer... Não pra ver essas coisas que você está pensando não. Foi na mais pura inocência e... Ah, deixa pra lá.

Me abaixo atrás de uma árvore que contém um pequeno arbusto em sua frente, ficando perfeitamente escondido. Não quero que ela me veja. Não quero que ela me conheça. Coisas ruins aconteceram às pessoas que me conheceram. Coisas ruins ainda estão acontecendo às pessoas que me conheceram. Fico ali, em silêncio, apenas observando a menina ruiva, apenas me limpando novamente, mas desta vez, com a ajuda de sua belíssima voz.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarAnnika Glendower
Filhos de HermesFilhos de Hermes



Mensagens : 4
Data de inscrição : 21/01/2014

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Sab Jan 25, 2014 9:25 am



a friend?

CAUSE I KNOW THERE'S SOMEONE PRAYING THAT I MAKE IT HOME
De certa forma, eu me sentia bem. O cheiro das flores silvestres e de terra úmida era suficiente para me fazer esquecer a maioria dos fatos ao meu redor. Ainda mais o perigo que aquele local fornecia era excitante.  Eu estava feliz, dava para ver isso no sorriso que surgia em meu rosto. Peguei a adaga e coloquei-a numa posição que reluzia a luz do Sol, lançando feixes de luz pela escuridão. No meio do meu fascinamento, fisguei um movimento - uma forma humanóide e rápida se mexendo na escuridão. Parei de cantarolar. Seria um monstro? Lancei mais feixes pelo local, mas nada.

Me levantei, apontando a adaga em direção a floresta. Quem eu estava enganando? Estava com medo e creio que a posição que eu estava não ia fazer nenhum monstro recuar. "Quem está aí?", questionei, alto para a imensidão ao meu redor. Rezei para que fosse apenas mais um semideus com os mesmos desejos que os meus e não uma criatura faminta.
copyright 2013 - all rights reserved for larissa


Última edição por Annika Glendower em Ter Jan 28, 2014 10:55 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarTheo Chevalier
Filhos de HefestoFilhos de Hefesto



Mensagens : 3
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 18

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Seg Jan 27, 2014 6:07 pm




  The Singer




Percebo que acabei fazendo algum barulho quando ela se levanta apontando uma adaga para mim, mesmo que não possa me ver. "Mas que bela merda!", penso. Ela entoa alto e claro uma pergunta, questionando quem está presente. A princípio, não tenho a mínima coragem de sair de trás do arbusto, mas lentamente, me levanto erguendo as mãos.

- Ei, calma - digo para ela, tentando parecer o mais calmo possível. - Pode abaixar a adaga. Não estou armado. - Eu olho para os tênis que seguro em minhas mãos e prossigo. - Bem, a não ser que eu precise jogar meus tênis na sua cara para me defender. - Dou um sorriso tímido, olhando para ela.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarMerida P. Sidhes
Filhos de ErosFilhos de Eros



Mensagens : 30
Data de inscrição : 02/08/2013
Idade : 20
Localização : nos céus

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Seg Jan 27, 2014 7:19 pm



Em um belo dia
a chapeuzinho caminhava alegre até a casa de sua vozinha, só não sabia do lobo que a espreitava

tagged: everybody wearing: this! thank you lari @ cg


Era um dia lindo, estava com preguiça de ir treinar então decido ir a floresta, eu gostava do meio natural, me deixava calma, me permitia pensar. Levava apenas um pote cheio de morangos (sim,eu e minha paixão por morangos), um caderno e uma caneta de pena que vinha presa em minha cabeça prendendo o coque, suspiro, a leve brisa soprando meu rosto, era um bom dia para escrever!  Caminho um pouco pela floresta, procurava um bom lugar para sentar até que vejo dois semideuses,um deles apontava uma adaga para o outro que parecia surpreso e assustado, não que estivesse obvio, eu simplesmente sabia, era ate engraçado! Fiquei observando por alguns segundos, meio relutante se devia me aproximar ou não...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
avatarAnnika Glendower
Filhos de HermesFilhos de Hermes



Mensagens : 4
Data de inscrição : 21/01/2014

Ficha do Personagem
Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   Qua Jan 29, 2014 6:53 pm



a friend?

CAUSE I KNOW THERE'S SOMEONE PRAYING THAT I MAKE IT HOME
Era um semideus, sim, um semideus! Queria pular de alegria ali mesmo, mas me contive. Assim que ouvi seu pedido, deslizei a adaga pra bainha e sorri sem graça. - Ah, olá. Desculpe. Pensei que fosse um monstro. - puxei uma mecha de meu cabelo para trás da orelha. - Eu sou Annika, filha de Hermes. E você? - sorri, tentando parecer amigável. O rapaz era relativamente alto, pelo ao menos mais que eu, másculo, o que me fez questionar se era uma prole de Ares ou Hefesto. Me sentei no toco da árvore que antes permanecia, recuperando lentamente minha respiração ofegante.
copyright 2013 - all rights reserved for larissa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Floresta do CHB   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Floresta do CHB

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

 Tópicos similares

-
» Avaliem campo de treinamento na floresta(tile Inq)
» Episódio 1 - Combate Na Floresta Uivante
» Caern de Cura Nível 5 - Floresta da Tijuca - Totem: Unicórnio
» [Konoha] Floresta da Morte
» [Independente] Floresta Demoníaca

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Anaklusmos RPG :: Lugares do Acampamento Meio-Sangue :: Floresta-